Com força máxima, Santa Cruz encara Jacuipense pela Série C

O confronto é válido pela penúltima rodada da fase de grupos da Série C

SANTA CRUZ
Com força máxima, Santa Cruz encara Jacuipense pela Série C

A equipe coral já está com a vaga no quadrangular do acesso. - Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem

Gabriela Máxima | Pedro Alves

Líder do Grupo A e com classificação garantida para a próxima fase da Série C, o Santa Cruz encara o Jacuipense nesta segunda-feira (30) com força máxima, em partida válida pela 17ª rodada da Terceirona, às 20h, no estádio Pituaçu, em Salvador. O técnico Marcelo Martelotte sinalizou que não há mais necessidade para fazer testes no elenco tricolor e a tônica agora é escalar o time que entrará em campo na fase decisiva da competição nacional.

O Santa Cruz atualmente é líder absoluto do grupo A da Série C com 36 pontos, seis a mais que o vice-líder Remo. Para o treinador Martelotte as duas partidas que faltam para o encerramento da primeira fase serão aproveitadas para preparar a equipe para as decisões da Série C. Afinal, nos bastidores do clube o discurso prega “pés no chão” e afasta qualquer pensamento sobre favoritismo ou relaxamento. O foco do time é o acesso à Série B, algo que só será definido no quadrangular.

Já o adversário vem de uma vitória por 3×2 sobre o Treze, mas não tem mais chances de avançar na competição. Figura na sétima colocação do grupo A, com 21 pontos. Também não corre risco de rebaixamento. Além do Santa Cruz, Remo, Paysandu e Vila Nova se classificaram para a próxima fase pelo Grupo A.

Em entrevista coletiva antes da partida, o comandante coral disse que já fez todos os testes possíveis ao longo da competição e agora é momento de organizar o grupo visando ao quadrangular final. “Quanto ao modelo de jogo o que tinha que ser testado já foi testado. A gente teve algumas variações durante a competição. Nós utilizamos quase todos os jogadores do nosso elenco. A ideia agora é voltar ao que a gente tem que ser e voltar ao modelo que a gente deve utilizar na próxima fase”. analisou. O jogo entre Jacuipense e Santa Cruz também vai ter a transmissão da Rádio Jornal.

Contra o Jacuipense, o time coral deve contar com o retorno de Didira, recuperado de covid-19 após mais de 10 dias de isolamento. Martelotte não confirmou a escalação do atleta entre os titulares, mas falou com otimismo sobre os treinos que o meia realizou desde a última quinta-feira, quando foi liberado pelo departamento médico.

O treinador fez uma comparação com Chiquinho, que também voltou a reintegrar o grupo após diagnóstico do novo coronavírus na semana passada. “São situações diferentes. Didira ficou apenas um jogo fora e a volta do Didira foi numa quinta-feira para um jogo na segunda-feira. E Chiquinho voltou aos treinos numa quinta para um jogo no sábado. Ou seja, Dirira terá dois períodos de treinamento a mais antes da partida e isso dá um tempo maior para decidir como utilizaremos Didira na partida”, observou. Por isso, o Santa Cruz deve entrar em campo com Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Leonan; Bileu, Paulinho e Didira; Chiquinho, Lourenço e Pipico.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.