Náutico

Série B: Náutico volta a vencer e respira na luta contra o rebaixamento


O Timbu venceu por dois a zero com gols de Bryan e Kieza

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/12/2020 às 19:48
FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
FOTO: FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Pressionado pelo jejum de vitórias e ocupando a zona de rebaixamento, o Náutico recebeu o Guarani nos Aflitos e conseguiu vencer por dois a zero. Os gols do Timbu foram marcados por Bryan no primeiro tempo e Kieza na etapa complementar. A última vitória alvirrubra em casa havia acontecido em setembro. Com o resultado o Náutico fica com 24 pontos e ocupa a 17ª posição no Z4 da competição. O próximo compromisso do Timbu é no domingo (6) diante do Figueirense, fora de casa, às 16h.

O jogo

Precisando da vitória, o time do Náutico começou a partida no campo de ataque do Guarani. Logo aos três minutos o Timbu já teve uma boa oportunidade de gol. Jean Carlos se livrou da marcação, entrou na área e mandou o cruzamento na área, mas Erick não conseguiu mandar a bola para as redes. Em seguida Jean Carlos bateu uma falta com força, mas a bola passou com perigo do lado direito do goleiro Gabriel. A resposta do Guarani veio com Pablo. Após boa triangulação o jogador apareceu na frente de Anderson e caiu após carrinho por trás de Djavan. Os jogadores do Guarani pediram pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Melhor na partida, o Timbu abriu o placar aos dezoito minutos. Após lateral cobrado por Kevyn, Kieza fez o pivô e tocou para Bryan, que passou pela defesa, invadiu a área e finalizou rasteiro no canto esquerdo do goleiro. O Guarani tentou o empate com Pablo, novamente. O jogador recebeu o passe na área, limpou a marcação alvirrubra e mandou o chute no canto esquerdo de Anderson que, caiu para fazer a defesa. O Timbu ainda chegou numa jogada tabelada entre Rhaldney e Erick, o atleta alvirrubro invadiu a área e finalizou cruzado para fora. No final da primeira etapa, Jean Carlos recebeu de fora da área e mandou a bomba para o gol, mas a bola foi para fora.

Ouça os gols da vitória do Náutico na voz de Aroldo Costa

Náutico enfrentou o Guarani nos Aflitos
Náutico enfrentou o Guarani nos Aflitos
FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Segundo tempo

Na segunda etapa quem começou atacando com mais ímpeto foi o Guarani. Perdendo a partida, o time de Campinas pressionou o Timbu em busca do empate. Em cobrança de falta, Murilo Rangel bateu falta forte no meio do gol, mas o goleiro Anderson segurou firme. Júnior Todinho fez jogada individual e tocou para Rafael Costa, que tentou a finalização, porém foi bloqueado pela defesa pernambucana.

Mesmo com a pressão sofrida, o Náutico ampliou o placar aos vinte e três. Kieza puxa contra-ataque, atravessa o campo com velocidade, driblou o goleiro Gabriel, cortou o marcador e mandou com categoria para o fundo do gol. O Guarani tentou num lance rápido. Rickson recebeu pela direita e cruzou para Rafael Costa, que finalizou de primeira, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Autor do segundo gol, Kieza teve outra oportunidade para marcar após o cruzamento de Dadá Belmonte. O atacante alvirrubro dominou no peito e finalizou antes da bola tocar no chão, mas o chute foi para fora. Nos acréscimos, Ruy recebeu a bola cara a cara com Gabriel e tenta finalizar com cavadinha, mas erra a meta e manda para fora. Placar final, Náutico dois, Guarani Zero.


Mais Lidas