COLETIVA

Hélio dos Anjos fica satisfeito com desempenho do Náutico diante da Chapecoense


Apesar de ter ficado feliz com a postura da equipe alvirrubra, treinador acredita que Timbu poderia ter saído com a vitória

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 16/12/2020 às 22:33
Foto: Márcio Cunha / ACF
FOTO: Foto: Márcio Cunha / ACF
Leitura:

Um empate com gosto de que poderia ter saído de campo com um melhor resultado. Para o técnico Hélio dos Anjos, o Náutico teve totais condições de ter conseguido a vitória em cima da Chapecoense. Entretanto, o comandante alvirrubro não ficou inteiramente frustrado com o resultado, e fez questão de enaltecer a postura dos seus comandados diante do líder da Série B.

"Dentro do jogo tivemos consistência de jogo positiva. Uma vez ou outra erramos, como foi diante do Botafogo-SP. Mas essa consistência nos 90 minutos jogando fora de casa vimos contra Juventude, Botafogo e aqui com a Chapecoense. Jogamos de forma positiva e por isso ficamos frustrados baseados em cima de tudo que o grupo produziu. Fomos inteligentes e conseguimos neutralizar as propostas de jogo da Chapecoense. Marcamos pressão o tempo todo. Fico feliz pelo comportamento do nosso time. Isso serve como alento para enfrentarmos outros adversários difíceis, como foi hoje contra a Chapecoense", avaliou Hélio dos Anjos.

Mesmo na zona do rebaixamento (18º, com 29 pontos), o Náutico encarou de igual para igual o líder da Segundona. "O comportamento do nosso grupo foi maravilhoso. Time grande é assim, não deixamos transparecer a diferença de pontuação da Chapecoense para o Náutico. Colocamos isso para os jogadores desde a primeira palestra até esse jogo. E o grupo respondeu. Temos de ser inteligentes para jogar com grandes adversários. Neutralizamos eles ofensivamente e, com a bola, fizemos um jogo agressivo. Tivemos condições de levar os três pontos. Mas saímos felizes com o comportamento do grupo e com relação à consistência de jogo e competitividade", destacou o treinador alvirrubro.

OUÇA A COLETIVA


Mais Lidas