AVALIAÇÃO

Martelotte quer que Santa Cruz mantenha regularidade fora de casa para decidir o acesso no Arruda


Após empatar com o Ituano em 1x1, em casa, o Tricolor vai encarar o Vila Nova, sábado (9), em Goiânia

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 03/01/2021 às 21:07
Alexandre Gondim/ JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Leitura:

Após o empate com o Ituano em 1x1, em pleno estádio do Arruda, o técnico Marcelo Martelotte não saiu de campo lamentando a chance desperdiçada pelo Santa Cruz de assumir a liderança do Grupo C do quadrangular final da Terceirona. Para o comandante coral, diante das circunstâncias (jogar o segundo tempo com um jogador a menos), o ponto conquistado dá ao Tricolor a condição de só depender de si para buscar o acesso à Série B.

"Acho que conseguimos segurar a bola em alguns momentos, mas acredito que agredir o Ituano (quando já estava com um jogador a menos) era mais difícil. Ainda assim tivemos a bola no travessão de Lourenço. Enfrentamos um adversário qualificado. Tivemos uma postura igual ao do Ituano na semana passada, mas nosso time foi aguerrido e conseguiu o empate que nos dá possibilidade de acesso", avaliou Marcelo Martelotte.

Com relação ao fato de nenhum mandante do Grupo C ter vencido ainda nesse quadrangular final, o técnico tricolor minimizou. "A gente espera jogar bem fora de casa, que é o nosso próximo jogo (Vila Nova), coisa que fizemos contra o Brusque e, principalmente, diante do Ituano.Para trazer a decisão em casa, num jogo importante e vencer (Brusque). A questão do retrospecto fica para trás. A única explicação e justificativa para comentar a respeito da dificuldade do mandante de vencer é o fato de não ter torcida, que acaba igualando o jogo e tira essa vantagem de quem joga em casa. Sabemos que o quanto seria importante para o Santa Cruz ter o estádio cheio e a torcida empurrando, mas sabíamos que seria assim durante toda competição e teríamos de superar isso. Vamos trazer essa decisão da classificação para o último jogo, pois teremos condições de vencer e subir", declarou.

Confira a coletiva de Marcelo Martelotte


Mais Lidas