ARBITRAGEM

'Seguimos sendo roubados', desabafa Thiago Neves após derrota do Sport


Em sua conta no Twitter, meio-campista não poupou críticas a arbitragem do confronto com o Palmeiras

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/01/2021 às 22:18
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

Como se não bastasse a derrota por 1x0 para o Palmeiras, os rubro-negros tiveram mais um motivo para se chatear: a arbitragem. Isso porque o árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade, do Espírito Santo, deixou de marcar um pênalti em cima de Hernane e, em outro lance, após assinalar a penalidade num toque de mão de Rony dentro da área, o árbitro acabou anulando a marcação após consultar o VAR.

O Sport, através do seu perfil no Twitter, questionou a atuação da arbitragem com a não marcação dos dois pênaltis: "Infelizmente o que estamos vendo na arbitragem é escandaloso. Lances claros, sem marcações de penalidades. Hoje, jogador derrubado e mão dentro da área: silêncio por parte do árbitro e VAR. Estamos sendo prejudicados. Isso precisa acabar".

Na sequência, mostrou um vídeo com os dois lances em questão

 

Quem também se manifestou no Twitter foi o meio-campista Thiago Neves. O camisa 30 rubro-negro não mediu palavras para criticar a arbitragem de Sport e Palmeiras. "Seguimos sendo ROUBADOS!!", esbravejou.

 

DIRETORIA

O diretor de futebol do Sport, Augusto Caldas, também se posicionou, em coletiva, sobre a postura da arbitragem deste sábado (9), na Ilha do Retiro. "É uma coisa escandalosa. Inclusive é uma falta de respeito com o Sport e com os times do Nordeste. Nos deixa a pensar e imaginar o que está acontecendo com a CBF, com essas proteções com os clubes do Rio de Janeiro. Porque não é normal, a partir do momento que Vasco e Botafogo foram para a zona do rebaixamento, as coisas começaram a acontecer de uma forma no mínimo estranha. Vinhamos repudiar a forma como o árbitro e o VAR conduziram o jogo. Dois pênaltis escandalosos e não foram marcados. Ele, inclusive, marcou o primeiro, viu que bateu na mão do jogador do Palmeiras, foi chamado pelo VAR e mudou. Vamos solicitar à CBF os áudios para saber o que o VAR disse para convencer ele que não foi pênalti. E o porquê de não ter marcado o pênalti em Brocador. Nos tiraram mais um ponto da gente", esbravejou Augusto Caldas.

 

Mais Lidas