COPA DO NORDESTE

Santa Cruz fica no empate em 2x2 com o Itabaiana, pela pré-Copa do Nordeste


Com o resultado, o Tricolor precisa de uma vitória simples, no Arruda, para garantir vaga na fase de grupos do Nordestão

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 26/01/2021 às 23:29
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Em uma partida bastante movimentada na estreia da temporada 2021, Itabaiana e Santa Cruz ficaram no empate em 2x2, nesta terça-feira (26), no estádio Etelvino Mendonça, em Sergipe, pela primeira partida da pré-Copa do Nordeste. Os gols da partida foram marcados por Victor Rangel (duas vezes) para o Tricolor, enquanto que Diego Bispo e Ila marcaram para o time sergipano.

Com o placar, agora, o Santa precisa de uma vitória simples na partida de volta, na próxima terça-feira (02/02), às 21h30, no estádio do Arruda, para garantir vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste.

O JOGO

Diante de um duelo que vale muito para o primeiro semestre do clube na temporada 2021 - pelo calendário e pelo lado financeiro -, o Santa Cruz entrou em campo diante do Itabaiana focado na busca pela vitória fora de casa e, assim, levar a vantagem do empate para o segundo confronto entre as duas equipes. Entretanto, o time sergipano começou o jogo mostrando bastante disposição para estragar os planos corais.

A prova foi tanta que, logo aos nove minutos, após cobrança de escanteio de Téssio, o atacante Thiago Santos subiu mais que os defensores do Santa Cruz e testou de cima para baixo, com a bola quicando, ganhando altura e direção para o ângulo... Mas Luiz Fernando saltou com extrema agilidade para mandar a bola pela linha de fundo e salva o Tricolor.

O Santa Cruz encontrava muita dificuldade para jogar no péssimo gramado do estádio Etelvino Mendonça. Como a bola quicava bastante, a alternativa era buscar levar perigo por cima, mas não conseguia encaixar uma trama nas bolas alçadas. O Itabaiana, por sua vez, tinha mais sucesso nas investidas pelo alto e, por vezes, obrigava o goleiro Luiz Fernando a trabalhar.

Mesmo com os donos da casa mais familiarizados com as condições do gramado, foi o Santa Cruz que abriu o placar. Aos 30 minutos, após triangulação entre Didira, Paulinho e Victor Rangel, o atacante coral recebeu passe já ajeitando para o chute e acabou sendo feliz ao acertar uma bomba de fora da área para vencer o goleiro Remerson: 1x0.

 

Na volta para a segunda etapa, o Itabaiana mostrou que estava decidido a mudar a história do jogo e não permitir que o Santa Cruz voltasse para o Recife com a vantagem para o segundo confronto. E, com menos de dez minutos, a equipe sergipana já tinha conseguido a virada.

 

Aos três, Téssio bateu escanteio na cabeça de Diego Bispo, que só teve o trabalho de desviar para empatar a partida: 1x1. Não demorou muito para o Itabaiana conseguir a virada. Aos nove, novamente em bola levantada na área, Bileu afasta mal de cabeça e dá de presente para Ila fuzilar de dentro da área, com Luiz Fernando não tendo o que fazer: 2x1.

 

A virada não abalou os jogadores do Santa Cruz. Muito pelo contrário, acabou despertando o espírito de motivação para superar o placar adverso. Aos 12, o meia Chiquinho cobrou falta de média distância e mandou direto, tentando surpreender o goleiro Remerson, que estava esperto e espalmou para escanteio. Aos 18, foi a vez do prata da casa André arriscar de longe, com força, e mais uma vez obrigando o arqueiro do Itabaiana colocar pela linha de fundo.

Acuado com a imposição do Tricolor, os sergipanos se defendiam como podiam. O gol de empate era questão de tempo. E não demorou muito. Aos 22, Chiquinho cruzou no capricho para Victor Rangel se antecipar da marcação e desviar de cabeça para igualar o placar: 2x2.

 

A blitz coral era intensa e por muito pouco não saiu uma nova virada na sequência. Aos 28, Chiquinho bate escanteio fechado, com curva, a bola resvala na cabeça de Levi e vai contra o próprio patrimônio. Pra sorte, o goleiro Remerson estava atento e, no reflexo, conseguiu evitar o gol e mandou para escanteio.

O Itabaiana ainda conseguiu uma reação e construiu uma excelente oportunidade. Aos 38, Thiago Santos é recebe longo lançamento, domina no peito e parte pra cima de William Alves, ganha na velocidade e, da entrada da área, chuta cruzado. A bola só não entrou porque Luiz Fernando desviou com a ponta dos dedos.

Os donos da casa resolveram pressionar nos minutos finais e, o lateral-direito Grafite soltou um torpedo de longa distância, Luiz Fernando resvalou na bola, que explodiu no travessão. Quase o terceiro gol do Itabaiana.

Mesmo com as investidas, o placar se manteve em igualdade e, com isso, o Santa Cruz precisa de uma vitória simples, no Arruda, para se classificar à fase de grupos da Copa do Nordeste.

Ficha do jogo

ITABAIANA

Remerson; Grafite, Diego Bispo, Hugo e Paulinho; Jacobina, Levi (Batata) e Harrisson (Pedro Henrique); Téssio (Rafael Cruz), Ila e Thiago Santos. Técnico: Maurílio Silva.

SANTA CRUZ

Luiz Fernando; Totty, William Alves, Célio Santos e Leonan; Bileu (André), Paulinho (Tinga) e Didira; Chiquinho (Augusto Potiguar), Victor Rangel e Pipico (Lourenço). Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: estádio Etelvino Mendonça, em Itabaiana (SE).
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL).
Assistentes: Pedro Jorge dos Santos de Araújo (RJ) e Maria de Fátima Mendonça da Trindade (Ambos de AL).
Gols: Victor Rangel, aos 30 minutos do 1º tempo. Diego Bispo, aos três; Ila, aos nove; Victor Rangel, aos 22 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Ila, Thiago Santos (ITA) e Victor Rangel (STC).


Mais Lidas