Vice-prefeito de Salgueiro afirma que 'tem como buscar dinheiro' para o Carcará disputar Nordestão e Copa do Brasil

Edilton Carvalho garantiu que a Prefeitura segue pagando a água e a energia do clube e que empresas privadas têm interesse de patrocinar o Salgueiro

CARCARÁ
Vice-prefeito de Salgueiro afirma que 'tem como buscar dinheiro' para o Carcará disputar Nordestão e Copa do Brasil

Salgueiro é o atual campeão Pernambucano - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Filipe Farias | Twitter: @_filipefarias

A notícia da desistência do Salgueiro de participar da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil 2021 - protocolou o pedido, inclusive, na FPF - pegou a todos de surpresa. Afinal, qual o motivo de o Carcará, atual campeão Pernambucano, abrir mão de uma competição regional e outra nacional que, além de dar visibilidade ao clube, também oportunizaria a busca por receitas para o restante da temporada.

A reportagem da Rádio Jornal tentou entrar em contato com o presidente do Salgueiro, José Guilherme, a tarde inteira. Sem sucesso. Já o técnico Daniel Neri, ao receber a notícia da reportagem, se mostrou surpreso com a informação e afirmou desconhecer os motivos para a desistência do Carcará das duas competições. "Não sei de nada. Estou sabendo agora por você. Fale com a diretoria", se limitou a dizer o treinador português, que segue na Europa sem conseguir retornar ao Brasil por conta da pandemia do novo coronavírus.

No documento enviado pelo Salgueiro à Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o presidente José Guilherme alega como motivos da desistência das duas competições citadas: "grave crise na região Sertaneja em Pernambuco" e da "perda não só de patrocinadores privados, mas, em especial, da Prefeitura Municipal de Salgueiro".

Procurado pela reportagem, o vice-prefeito de Salgueiro, Edilton Carvalho (Podemos), confirmou o corte da ajuda financeira que a Prefeitura dava ao Carcará e explicou os motivos. "Salgueiro estava com postos de saúde faltando médicos. Então, contratamos sete médicos que vão chegar e abastecemos os postos com medicamentos, que não tinha. Hoje você vai em qualquer posto de saúde e tem medicamentos. A gente está dando prioridade nesse momento de pandemia a questão da saúde. A Prefeitura não é contra o Carcará de jeito nenhum. Continuamos incentivando com o que a gente pode no momento, que é toda despesa de energia e de água do clube é paga pela Prefeitura", explicou Edilton Carvalho.

Ainda segundo o vice-prefeito, a Justiça também teria interferido de forma contrária ao incentivo financeiro que o Salgueiro recebia da prefeitura. "Outra coisa, a Promotoria citou Dr. Marcones Sá (Prefeito do Município) achando ilegal esse patrocínio da Prefeitura. Então, esse patrocínio de R$ 40 mil que era dado ao Carcará está suspenso no momento. Possa até ser que volte depois, mas estamos dando prioridade aos postos de saúde que estavam sem médicos. Estamos numa pandemia e não podemos tirar quase R$ 500 mil por ano para dar ao clube e manter sete postos sem médicos e sem medicamentos, não é correto", declarou o político.

Apesar de o presidente José Guilherme justificar a retirada do Salgueiro da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil deste ano por conta da questão financeira, a reportagem da Rádio Jornal apurou que o elenco e comissão técnica salgueirense estão rigorosamente em dia, apenas com o mês de janeiro em aberto, já que ainda não venceu a data de pagamento.

Mesmo a Prefeitura Municipal de Salgueiro não dando esse incentivo financeiro para o clube em 2021, Edilton Carvalho afirmou que isso não era motivo para a retirada do Carcará das duas principais competições do primeiro semestre e que teria como encontrar soluções para viabilizar a permanência do time nos certames. "Tem como buscar dinheiro através das empresas particulares. Basta me procurar pra gente fazer. Mas não me procuram. Estão usando de politicagem. Só é sentarmos pra conversar. Uma empresa de argamassa ligou pra mim interessada em ajudar, passei o contato pra Zé Guilherme (presidente do Salgueiro). Nem eu e nem o prefeito somos contra o Carcará. Existem alternativas", garantiu o vice-prefeito.

ELENCO

A incerta nos bastidores, entretanto, não impediu o elenco do Salgueiro de trabalhar. Os jogadores já se reapresentaram e estão realizando a pré-temporada normalmente no estádio Cornélio de Barros. "Eu fiquei sabendo (da desistência da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil) através de vocês da imprensa. Não sei de nada ainda, pois o presidente José Guilherme está no Recife, pelo que soube, e voltando para Salgueiro. Não consegui falar com ele ainda. Mas já nos reapresentamos, estamos treinando há alguns dias. O professor Daniel (Neri) segue em Portugal esperando a situação da pandemia e não conseguiu voltar ainda, mas estou tocando o treinamento com o pessoal aqui", contou Marcos Tamandaré, auxiliar técnico do clube.

Ainda segundo o ex-lateral-direito, o grupo do Carcará está quase completo e se preparando para iniciar as primeiras competições do ano. "Temos jogadores sim (para entrar em campo). Ainda estão chegando outros amanhã (4). Mas grande parte já chegou. Estamos trabalhando com cerca de 18 a 20 atletas. Ficaram do ano passado os goleiros, os zagueiros... Só saiu um que foi vendido, Arthur. Os laterais seguem, os meias continuam e alguns atacantes. Só vai trazer atacantes", informou Tamandaré.

 

Indignado com a possível retirada do Salgueiro da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, o goleiro César Tanaka foi na última postagem do prefeito de Salgueiro, Dr. Marcones Sá, e desabafou: "Parabéns, acabou com o futebol profissional da cidade, algo construído a décadas... Cultura, tradição, tudo por briga e birra política, eu como atleta e cidadão, sinto vergonha pelo senhor dar de ombros e virar as costas para a nossa profissão, essa que deu tantas alegrias já para a cidade... vergonha isso", disparou Tanaka.

Salgueiro diz que não vai disputar a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste 2021
Salgueiro diz que não vai disputar a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste 2021
Reprodução do Instagram

 

COMUNICADO

Através de nota publicada no perfil oficial do clube, a direção do Salgueiro se manifestou sobre a decisão de abandonar das competições da temporada 2021.

Comunicado Oficial

O Salgueiro Atlético Clube comunica a sua torcida, parceiros e sociedade em geral, que em razão dos impactos financeiros sofridos por conta da pandemia do COVD-19, desde março de 2020 até a presente data, pela falta de receitas com bilheteria, por seu endividamento, pela redução da cota de participação da Copa do Nordeste 2021 e pela perda de importantes patrocinadores, tais como o da Prefeitura Municipal de Salgueiro, protocolou hoje, dia 03/02/2021, a desistência de sua participação na Copa do Nordeste 2021 e Copa do Brasil 2021.

Buscamos soluções, incansavelmente, para viabilizar a continuidade do trabalho e, por conseguinte, a participação honrosa em todos os campeonatos, representando de forma digna nossa cidade e região.

No entanto, o comprometimento financeiro necessário para prosseguirmos, a falta de apoio, a drástica redução de nossas receitas e as dívidas já assumidas, impedem-nos de continuar.

Persistir sem apoio é a certeza do fracasso. Desta forma, lamentamos profundamente termos chegado a esta situação.

Nesta quinta-feira, dia 04/02/2021, será concedida entrevista coletiva no escritório do clube às 10:00.

Salgueiro/PE, 03 de fevereiro de 2021.

Salgueiro Atlético Clube

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.