covid-19

Após liberar eleições do Santa Cruz, Governo de Pernambuco critica aglomerações no Arruda


O processo eleitoral do Santa Cruz passou por uma vistoria sanitária, antes de ter o aval da Secretária Estadual de Saúde

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 11/02/2021 às 18:07
Robert Sarmento/TV Jornal
FOTO: Robert Sarmento/TV Jornal
Leitura:

Após fazer uma vistoria e liberar a realização das eleições do Santa Cruz, o Governo de Pernambuco, através da Secretária Estadual de Saúde, emitiu uma nota lamentando e criticando a aglomeração que ocorre na sede do clube durante o processo eleitoral nesta quinta-feira (11). O comunicado foi enviado pelo fato de que a grande quantidade de pessoas próximas contrariam as orientações que visam evitar o maior de covid-19.

A vistoria sanitária precisou ser feita devido ao Decreto Estadual nº 50.052, de 7 de janeiro de 2021, que proíbe eventos com acima de 150 pessoas. Ainda de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o Santa Cruz só apresentou só apresentou o protocolo sanitário a ser adotado na tarde da terça-feira (09), um dia antes da data original marcada para as eleições.

Confira a nota da SES-PE na íntegra

"A Secretaria Estadual de Saúde lamenta as cenas de descumprimento dos protocolos sanitários nas eleições do Santa Cruz Futebol Clube. É importante destacar que o planejamento de cuidados sanitários e segurança do processo eleitoral foram apresentados e registrados em cartório, ontem, pela Comissão Eleitoral do clube, que se comprometeu com o cumprimento dos parâmetros propostos."

> Em dia de eleição para presidência do Santa Cruz, homem invade e furta loja oficial da Cobra Coral

> Após polêmica, Santa Cruz retoma ideia e consegue liberação para vender água mineral em botijão

> Antonio Luiz Neto afirma que ''em nenhum momento'' interferiu no Santa Cruz após deixar mandato

Sócia com máscara do Sport causa tumulto

Um dos vários tumultos ocasionado na sede do Santa Cruz foi referente à presença de uma sócia do tricolor que compareceu ao local para votar usando uma máscara do Sport Club do Recife, principal rival do clube coral. As informações foi confirmada pelo repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal. A mulher preferiu não ser identificada e precisou trocar a máscara para, em seguida, pode votar acompanhada de membros da comissão eleitoral do Santa Cruz.

 

Mais Lidas