Mesmo com time misto, Sport vence o Vera Cruz na estreia do Campeonato Pernambucano

Equipe rubro-negra começa com o pé direito o Estadual e vence de virada, por 3x1, na Arena de Pernambuco

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
Mesmo com time misto, Sport vence o Vera Cruz na estreia do Campeonato Pernambucano

Sport vence de virada a equipe do Vera Cruz, na estreia do Pernambucano - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Rádio Jornal

Depois de um primeiro tempo apático e indo para o intervalo atrás do placar, o time misto do Sport mudou de postura na etapa complementar e conseguiu a virada em cima do Vera Cruz, venceu por 3x1, na noite desta quarta-feira (24), na Arena de Pernambuco, pela estreia do Campeonato Pernambucano. A equipe de Vitória de Santo Antão abriu o marcador com Pedrão (contra). Italo, Paulinho e Vinícius Popó viraram para os leoninos.

O Leão volta a campo nesta quinta-feira (25), desta vez com o time principal, que joga diante do Athletico-PR, às 21h30, na Arena da Baixada, na despedida da Série A do Brasileiro.

O JOGO

Com um time bastante modificado, o Sport não começou a partida impondo o ritmo. Pelo contrário. Ciente de que o adversário da capital estava desfalcado, o Vera Cruz é quem iniciou o duelo acelerando as jogadas e não se intimidando nenhum pouco com o Leão. Tanto que logo aos oito minutos, o time de Vitória de Santo Antão já chegava com muito perigo.

O atacante Pedro Maycon, ex-Santa Cruz, achou um lindo passe entre as pernas do volante Italo e deixou Romarinho na cara de Carlos Eduardo, mas o atacante do Vera Cruz acabou chutando cruzado e tirando demais, mandando a bola pela linha de fundo. Grande chance desperdiçada.

O Sport, por sua vez, sentia bastante dificuldade para jogar, principalmente pelo aspecto de entrosamento, já que essa formação não teve muito tempo para trabalhar sob o comando de Ricardo Severo, treinador do sub-20 e que substituiu Jair Ventura, que viajou com o time principal para Curitiba, onde o Leão joga na despedida do Brasileirão diante do Athletico-PR.

Os principais nomes da primeira etapa, sem dúvida, foram os atacantes Pedro Maycon e Romarinho, que conseguiam desarrumar toda a defesa do Sport utilizando bastante velocidade e habilidade para driblar os marcadores. Porém, apesar de os dois se destacarem, o gol do Vera Cruz saiu dos pés de um jogador leonino. Aos 35, o lateral-direito Léo Cotia cruzou bola na área, o zagueiro Pedrão tentou fazer o corte e acabou mandando a bola para dentro da própria meta: 1x0.

Se no primeiro tempo o Leão foi extremamente apático, na volta da etapa complementar as coisas foram bem diferentes. Logo aos três, o lateral-esquerdo Victor Gabriel desce pela esquerda e cruza rasteiro para Marcos Serrato, que rapidamente toca apara Vinícius Popó dominar, girar e chutar com perigo, mandando a bola rende a trave direita do goleiro Serginho.

A imposição ofensiva leonina iria persistir, desta vez, com mais assertividade. Aos seis minutos, Elias desceu pela direita em velocidade, cruzou por baixo para a área, o zagueiro Ruan tentou afastar, mas, no bate rebate, o garoto Italo acabou mandando para o fundo das redes, empatando a partida 1x1.

A virada rubro-negra não demoraria a acontecer. Aos dez, o atacante Paulinho cobrou escanteio fechado, com curva, o goleiro Serginho tentou defender, mas acabou deixando a bola passar e ela foi morreu dentro da meta, gol olímpico: 1x2.

Com um a mais em campo, com a expulsão do zagueiro Matheus Serra, o Sport dominava as ações ofensivas e, principalmente, a posse de bola. O Vera Cruz, a essa altura da partida, já não conseguia mais atacar e se defendia como podia. O que não surtiu muito efeito. Aos 25, Vinícius Popó foi lançado, entrou na área e acabou sendo derrubado pelo goleiro Serginho: pênalti. Na cobrança, o próprio Popó bateu e ampliou o placar: 1x3.

Na frente do marcador e também com a vantagem numérica dentro das quatro linhas, o time leonino passou a administrar a partida para garantir os três pontos na estreia do Campeonato Pernambucano. O objetivo foi alcançado sem maiores dificuldades, já que o Vera Cruz não incomodou o goleiro Carlos Eduardo durante o segundo tempo e o placar se manteve até o apito final.

Ficha do jogo

VERA CRUZ

Serginho; Léo Cotia, Ruan, Matheus Serra e Wendel; Ramires (Índio), Danielzinho (Cide) e Vitinho; Romarinho (Manteiga), Pedro Maycon e Edson (Vitor Leão). Técnico: Rômulo Oliveira.

SPORT

Carlos Eduardo; Elias (Arielton), Pedrão, Renzo (Ryan) e Victor Gabriel; Pedro (Deyvson), Italo, Marcos Serrato e Pablo Pardal; Vinícius Popó (Igor) e Paulinho (Matheusinho). Técnico (auxiliar): Ricardo Severo.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).
Árbitro: Anderson Marques (PE).
Assistentes: Marcelino Castro e John Andson (ambos de PE).
Gols: Pedrão (contra), aos 35 do 1º tempo. Italo, aos seis; Paulinho, aos dez; e Vinícius Popó, aos 26 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Matheus Serra, Ramires, Serginho (VER) e Italo, Renzo, Victor Gabriel e Pedrão (SPO).
Cartão vermelho: Matheus Serra (VER).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.