Santa Cruz mostra força aérea e vence o Vitória de Santo Antão na estreia do Pernambucano

Tricolor do Arruda vence por 2x0 com dois gols de cabeça dos centroavantes Pipico e Léo Gaúcho

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
Santa Cruz mostra força aérea e vence o Vitória de Santo Antão na estreia do Pernambucano

Pipico abriu o placar na vitória do Santa Cruz diante do Vitória de Santo Antão - Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem

Rádio Jornal

Mostrando um poder ofensivo nas bolas aéreas, o Santa Cruz venceu o Vitória de Santo Antão por 2x0, nesta quarta-feira (24), no estádio do Arruda, pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano. Os gols da partida foram marcados pelos centroavantes Pipico e Léo Gaúcho, ambos os gols feitos de cabeça.

O próximo compromisso da Cobra Coral é no sábado (27), pela estreia na Copa do Nordeste diante do Vitória, da Bahia, às 16h, no estádio Barradão. Entretanto, a realização da partida ainda é incerta, devido o toque de recolher aprovado em decreto pelo Governo baiano, para combater o avanço do número de casos do novo coronavírus.

O JOGO

Com a base do elenco mantida da temporada passada, o Santa Cruz começou a partida querendo fazer valer o entrosamento do time. Pressionar o Vitória de Santo Antão nos primeiros minutos para abrir rapidamente o placar. Aos três, Augusto Potiguar cruza na área buscando Chiquinho; o meia cabeceia, a bola desvia na zaga adversária e vai em direção ao gol, mas acaba morrendo na malha superior da barra, levando perigo.

O Tricolor das Tabocas não se intimidou com o cartão de visitas da Cobra Coral e respondeu imediatamente. Aos sete, Léo Fernandes desceu pela direita, ganhou de Marcel e cruzou rasteiro para Nathan, que consegue desviar na bola e ela passa raspando a trave do goleiro Jordan.

A equipe visitante estava encontrando o caminho do gol pelo lado esquerdo coral. Aos 25, Palominha recebe bola dentro da área e chuta forte, cruzado, mas Jordan fez uma difícil defesa, desviando a bola para escanteio e salvando o Santa Cruz. Mais uma vez, pelo lado direito de ataque, o Vitória chegar com perigo. Aos 38, Vítor cruza na medida para Palominha livre na área cabecear errado e perder boa chance.

Apesar de o Santa encontrar dificuldade para encaixar o seu jogo, conseguiu achar o gol no final do primeiro tempo. Aos 40, Paulinho recebe passe de Marcelo pela direita e cruza na medida para Pipico cabecear para o chão e vencer o goleiro Preto para abrir o placar no Arruda: 1x0.

 

Na volta da segunda etapa, o confronto ficou mais disputado, com as duas equipes encontrando mais dificuldade para criar as oportunidades. A primeira chance de gol só saiu aos 20 minutos, quando o prata da casa Vinícius Balotelli arriscou um chute de longa distância, mas sem dificuldade para o goleiro Preto defender.

Essa jogada seria uma prévia da pressão que o Santa Cruz iria impor ao Vitória querendo ampliar o marcador. Aos 22, Didira individualiza pela direita, passa pelo marcador e vai á linha de fundo para cruzar a meia altura para Pipico, que finaliza de voleio e obriga o arqueiro Preto a fazer uma grande defesa, espalmando para o lado. No minuto seguinte, novamente Didira recebe bola dentro da área e rola para Célio Santos acertar um forte chute e mais uma vez colocar Preta para trabalhar, evitando o gol coral.

O gol do Santa Cruz estava maduro e não demoraria a sair. Aos 35, Chiquinho se apresentou para receber bola pela esquerda e cruzou para Léo Gaúcho, que se antecipou da marcação e cabeceou no cantinho, sem chances para o goleiro Preto: 2x0.

O Tricolor do Arruda conseguiu segurar a vantagem até o apito final e estreou no Estadual somando três pontos.

Ficha do jogo

SANTA CRUZ

Jordan; Willian Alves, Danny Morais e Célio Santos; Augusto Potiguar (Caetano), Italo Henrique, Paulinho, Didira (Felipe Simplício) e Marcel (Vinícius Balotelli); Chiquinho (João Cardoso) e Pipico (Léo Gaúcho). Técnico: João Brigatti.

VITÓRIA-PE

Preto; Léo Fernandes, Geovani, Edivan e Rogerinho; Xaves, George (Marcelo Nicacio) e Diogo Peixoto; Vítor, Palominha (Juninho) e Nathan (William). Técnico: Fernando Lins.

Local: estádio do Arruda, no Recife (PE).
Árbitro: Diego Fernando Silva de Lima (PE).
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Matheus Valentim da Silva (ambos de PE).
Gols: Pipico, aos 40 do 1º tempo. Léo Gaúcho, aos 35 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Danny Morais (STA) e Nathan, Edivan (VIT).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.