COPA DO NORDESTE

Com dois gols contra, Sport e Sampaio Corrêa ficam no empate pela Copa do Nordeste

Os zagueiros Paulo Sérgio e Chico marcaram os gols da partida, ambos, contra as próprias metas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 28/02/2021 às 21:56
Alexandre Gondim/ JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Leitura:

Em uma partida movimentada, mas sem muita inspiração, Sport e Sampaio Corrêa empataram em 1x1, neste domingo (28), na Ilha do Retiro, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. A falta de inspiração das duas equipes pôde ser traduzida nos gols marcados na partida: os zagueiros Paulo Sérgio e Chico foram os autores dos gols, mas ambos contra as próprias metas.

O Leão volta a campo pelo Nordestão no próximo sábado (6/3), quando encara o CRB, às 16h, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O JOGO

Com um time praticamente reserva na estreia da Copa do Nordeste - Júnior Tavares e Ronaldo Henrique foram os únicos titulares mantidos -, o Sport iniciou o confronto diante do Sampaio Corrêa apresentando muita dificuldade para impor o seu ritmo de jogo. Os maranhenses, por sua vez, buscava aproveitar a falta de entrosamento da formação inicial do Leão para pressionar os donos da casa já nos primeiros minutos e abrir o quanto antes o placar.

Logo aos 17 minutos, após boa troca de passes do Sampaio Corrêa no meio de campo, a bola chegou até o lateral-direito Sávio que cruzou na medida para o pequenino Dudu, que subiu sozinho entre os zagueiros do Sport e cabeceou com perigo, mandando a bola rente a trave direita de Maílson. Grande chance desperdiçada.

O duelo ganhou mais em velocidade, com as duas equipes tentando imprimir um ritmo mais rápido nas trocas de passe, mas a estratégia acabou não sendo traduzida em chances claras de gols.

A melhor oportunidade criada pelo Sport no primeiro tempo só aconteceu aos 37 minutos, quando Ronaldo Henrique apertou a marcação na saída de bola do Sampaio Corrêa e conseguiu o desarme e já rolou para Luciano Juba que passava pelo corredor. O lateral foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Mikael, que testou no canto, mas o goleiro Mota encaixou.

Sem ficar atrás, o time maranhense também procurou incomodar Maílson. Aos 39, o meia-atacante Dudu recebeu pela esquerda, saiu costurando pelo meio e arriscou chute da entrada da área, mandando a bola no cantinho, mas sem força, facilitando a defesa do arqueiro leonino.

Na volta para a etapa complementar, as duas equipes procuravam ser mais agudas nas jogadas ofensivas a fim de tirar o zero do placar. Dione, aos cinco, e Erick Daltro, aos oito, tentaram incomodar o goleiro Maílson. O Leão, por sua vez, quando chegou foi fatal.

Aos 13, Ewerthon cobrou falta lateral mandando a bola na área, que desvia no zagueiro Paulo Sérgio e vai contra a própria meta. O goleiro Mota não tem tempo de reação e a bola acaba entrando: 1x0.

 

Aproveitando o bom momento, o Sport quase amplia o placar com Gustavo, que acertou uma sapatada de longa distância, mas Mota saltou para evitar o segundo gol rubro-negro.

Mesmo com o bom momento dos rubro-negros na partida, o Sampaio Corrêa não se intimidou e partiu em busca do empate. E conseguiu. Aos 19, Dione alçou bola na área, Chico tentou afastar, a bola bateu no zagueiro Paulo Sérgio e sobrou para Jefinho finalizar com precisão. Apesar do gol marcado, o juiz enxergou mão na bola de Paulo Sérgio e anulou o tento.

Não demoraria para o time maranhense ter um gol validado. Aos 26, após mais uma bola alçada na área leonina buscando Jefinho, o zagueiro Chico subiu para tentar o corte, mas acabou desviando e mandando para a própria meta. Gol contra: 1x1.

 

Os visitantes passaram a imprimir um maior volume de jogo, principalmente nos minutos finais e, quase, consegue a virada. Aos 44, Marlon recebeu bola no bico de grande área na esquerda, puxou pra dentro e chutou cruzando. A bola raspou a trave de Maílson.

O Sport ainda teve uma boa oportunidade nos acréscimos com Mateusinho, que arrancou em contra-ataque pela direita e chutou cruzado, o goleiro Mota bateu roupa, mas pra sorte, a zaga chegou para colocar pra escanteio.

Apesar da insistência das duas equipes, o placar permaneceu em igualdade.

Ficha do jogo

SPORT

Maílson; Ewerthon (Sander), Pedrão, Chico e Júnior Tavares; Ronaldo Henrique, Márcio Araújo (Marcos Serrato) e Ricardinho; Luciano Juba (Mateusinho), Ítalo (Gustavo) e Mikael (Vinícius Popó). Técnico: Jair Ventura.

SAMPAIO CORRÊA

Mota; Sávio, Allan, Paulo Sérgio e Erick Daltro (Marlon); Ferreira, Guilherme, Luiz Santos e Dione (Gabriel Popó); Cassini (Jajá) e Jefinho. Técnico: Rafael Guanaes.

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Árbitro: Antonio Magno Lima Cordeiro (CE)
Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite e Yuri Rodrigues Cunha (ambos do CE).
Gols: Paulo Sérgio (contra), aos 13, e Chico (contra), aos 26 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Pedrão (SPO) e Dione, Jajá, Dudu (SAM).

Mais Lidas