Sport joga mal novamente e empata sem gols com o Afogados pelo Pernambucano

A equipe rubro-negra voltou a apresentar dificuldades na criação de jogadas ofensivas

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
Sport joga mal novamente e empata sem gols com o Afogados pelo Pernambucano

Jonas Toró, atacante do Sport. - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

Após a eliminação da Copa do Nordeste e da demissão do técnico Jair Ventura, a expectativa era de que o Sport tivesse uma postura dentro de campo melhor do que a apresentada neste início de temporada, mas não foi visto isso no empate em 0x0 na partida da noite desta quarta-feira (7), contra o Afogados, no Vianão, pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano.

A pouca produtividade ofensiva, tão cobrada na era Jair Ventura, e a dificuldade na saída de bola voltaram a aparecer. Pior. Muitos erros no sistema defensivo ficaram evidenciados em um confronto considerado de baixíssimo nível técnico para a realidade que o Sport vai enfrentar na temporada. O 0x0 foi o retrato da partida.

O Sport encerra a partida em terceiro colocado no Campeonato Pernambucano, com oito pontos conquistados em cinco jogos. No entanto, a equipe rubro-negra pode ser ultrapassada pelos seus adversários que tem menos jogos na competição.

O jogo

A partida começou com as duas equipes com dificuldades para criar jogadas. Tanto que as poucas oportunidades criadas surgiram de chutes de fora de área, sendo duas de falta. A equipe do Sport voltou a apresentar uma dificuldade muito grande na saída de bola. Problema esse que é um dos fundamentos mais questionados dentro do mau desempenho da equipe neste início de temporada.

Já a equipe do Afogados demonstrava muita raça nas disputas da bola. No entanto, a bruxa aparentava estar solta no Vianão para os donos da casa. Isso porque duas lesões pegaram os jogadores da Coruja em 27 minutos. O zagueiro Janelson saiu lesionado ainda no primeiro minuto de jogo para a entrada de Cal Rodrigues e, o próprio meio campista, foi substituído no meio do primeiro tempo, após sentir uma lesão na posterior.

Passados metade da primeira etapa, o Afogados começou a se impor na partida e conseguia ter mais criações ofensivas, principalmente pelo lado direito da defesa do Sport se aproveitando da fragilidade defensiva apresentada por Patric. Apesar de um primeiro tempo abaixo do Sport, os 45 minutos iniciais foram finalizados com um 0x0 no placar.

Segundo tempo

A segunda etapa começou um pouco mais frenética com duas chegadas perigosas do Sport oriundas de dois escanteios. O primeiro com Patric, que cruzou para a grande área, a bola foi desviada pela defesa e sobrou para Toró, que acertou um chutaço, mas o goleiro Léo espalmou. Na segunda cobrança, dessa vez com Thiago Neves,  Maidana subiu mais que todo mundo e cabeceou no canto. Léo novamente fez uma ótima intervenção, impedindo a abertura do placar.

Porém a criação do Sport aparentemente ficou nos primeiros minutos e novamente poucas oportunidades foram criadas em muito tempo. Vendo a falta de produção do time, César Lucena promoveu duas mudanças, entrando Thiago Lopes e Ewerthon. E foi justamente com os dois que o Sport criou uma boa chance. O meia puxou da esquerda para o meio e acertou um belo passe para Ewerthon que, na entrada da pequena área, encheu o pé. 

Depois disso, o cenário da partida mudou. O Afogados respondeu logo na sequência com uma bola no travessão. Gabriel acertou um chutaço da intermediária ofensiva, o goleiro Luan Polli desviou e a bola foi no travessão. Dois minutos depois, o goleiro Léo repôs a bola de área a área e o arqueiro do Sport, Luan Polli, perdeu o tempo de bola, meteu a mão na bola e foi expulso.

A partida se estendeu até os 52 minutos, já que o árbitro acrescentou sete minutos de acréscimos. Mesmo com um período de duração tão grande, os times não conseguiram criar chance e abrir o placar no Vianão.

FICHA DO JOGO

Escalações

Afogados: Léo, Heverton, Matheus, Janelson (Cal Rodrigues) (Ronda) (Luqinhas), Gabriel; Arêz, Frank, Jordan (Wendel Nery), Vargas, Thalison; Piauí. Técnico: Sérgio China.

Sport: Luan Polli; Patric (Ewerthon), Adryelson, Maidana, Sander; Marcão, Betinho, Thiago Neves (Mailson); Neilton, Toró (Thiago Lopes) e Trellez. Técnico: César Lucena.

Cartões amarelos: Betinho, Adryelson e Patric(Sport);

Cartão vermelho: Luan Polli (Sport)

Estádio: Vianão.

Arbitragem: Hugo Soares Dias Figueiredo.

Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Michel Ferreira do Nascimento

Competição: 1ª fase do Campeonato Pernambucano - Quinta Rodada

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.