Gallo quer novas peças para elenco do Santa cruz: 'vamos focar em reforços que cheguem para jogar'

Novo treinador coral deixou claro que espera a chegada de reforços para o restante da temporada

APRESENTAÇÃO
Gallo quer novas peças para elenco do Santa cruz: 'vamos focar em reforços que cheguem para jogar'

Alexandre Gallo foi apresentado oficialmente ao elenco do Santa Cruz nesta quinta-feira (15) - Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz

Rádio Jornal

Mesmo a direção do Santa Cruz já tendo contratado 15 jogadores na atual temporada, o técnico Alexandre Gallo já deixou claro em sua apresentação oficial no clube que vai solicitar, sim, a chegada de alguns reforços para o restante do Pernambucano e, principalmente, para a disputa da Série C. Afinal, o principal objetivo do Tricolor em 2021 é o tão sonhado acesso à Segunda Divisão.

“Estamos tendo essa conversa com a diretoria sobre reforços e vamos focar em reforços que cheguem para jogar, porque não temos muito tempo para preparar o atleta que não venha com uma condição para chegar e jogar. Quem pode falar sobre nomes e posição é a direção de futebol. A gente não abre nunca porque trabalhamos com pessoas e aqui tem pessoas que a gente pode resgatar o seu melhor. Estamos atentos e sabemos que o time precisa de uma evolução e a diretoria pode passar uma posição melhor que eu”, explicou Alexandre Gallo.

O novo treinador coral chegou demonstrando ter bastante conhecimento a respeito do atual elenco tricolor e do desempenho a desejar que a equipe vem apresentando. "Sem dúvida, a primeira avaliação, como todo mundo tem percebido, o time precisa de um upgrade em termos de uma melhora técnica. É evidente que nós vamos primeiro analisar ainda, porque a análise tem duas situações: você analisa pela TV uma situação, e analisa o dia a dia, levanta dados, números. Isso aí é muito mais importante para que você possa, inicialmente, ter realmente um checklist de tudo que tá acontecendo. Então, no primeiro momento, é evidente que a desclassificação que eu acompanhei junto com todo mundo não foi um jogo que agradou a todos, principalmente a torcida. Mas é evidente que o dia a dia vai me trazer mais subsídio para poder dar essa resposta um pouquinho mais pra frente", explicou.

Com relação a recuperar alguns jogadores que não vivem um bom momento e estão com a auto-estima baixa, Gallo afirmou que isso será um trabalho desenvolvido gradualmente. "Isso aí é do dia a dia. Eu acho que isso faz parte do meu trabalho, usar o psicológico e, no dia a dia dos trabalhos, ir evoluindo com os atletas. Eu sei que o tempo também foi curto na preparação, que ainda demanda um pouco mais de tempo para o time equacionar não só a questão tática, mas principalmente a questão física. O futebol hoje é muito intenso e nós vamos demandar um pouquinho de tempo ainda pra ter 100% do elenco numa condição só. Porque o futebol é uma máquina que é uma engrenagem. Se você tem jogadores a 30%, 40% na condição física e outros 80%, esse time não vai andar, porque fica débil. Então a gente vai, com certeza, no dia a dia, focar nessa questão do trabalho físico e técnico, mas também no psicológico, é muito importante. Acho que, na questão psicológica também, as vitórias, bom desempenho e melhora do dia a dia ajudam. Os treinos técnicos que a gente tem também, fazem com que o jogador possa estar evoluindo. Então, é todo um um contexto geral, "garantiu.

15 CONTRATADOS:

Goleiros: Felipe Silva, Martín Rodríguez (que já deixou o clube) e Geaze;

Laterais: Felipe Pileggi e Alan Cardoso;

Zagueiro: Hebert;

Volantes: Karl, Elicarlos, Derley e Augusto César;

Meias: Péricles e Marcos Vinícius;

Atacantes: Madson, Maxwell e Quiñonez.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.