Técnico do Santa Cruz explica motivo de Chiquinho não ter sido titular no clássico contra o Náutico

Alexandre Gallo fez a estreia como treinador do Santa Cruz no Clássico das Emoções nos Aflitos

EXPLICAçãO
Técnico do Santa Cruz explica motivo de Chiquinho não ter sido titular no clássico contra o Náutico

Chiquinho foi reserva no Santa Cruz e entrou no decorrer do Clássico das Emoções nos Aflitos - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

A primeira escalação oficial do técnico Alexandre Gallo no Santa Cruz causou polêmica entre os torcedores corais, por causa da ausência do meia Chiquinho entre os titulares no duelo contra o Náutico pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano. Após a derrota no Clássico das Emoções, neste domingo (18), o treinador explicou o motivo de ter deixado o meio-campista, considerado o melhor jogador tecnicamente do elenco no banco de reservas.

“Nós optamos por esse tipo de equipe porque nós enfrentaríamos um adversário que está, tecnicamente, muito à frente da gente, que já trabalha junto há muito tempo. Nosso time ainda está se encontrando. Pelo pouco tempo de trabalho com os jogadores e, principalmente, por uma questão física”, explicou.

Maneira de jogar

Durante a partida, o próprio treinador parece ter reconhecido o erro e colocou Chiquinho para jogar ainda no primeiro tempo. Aos 31 minutos, ele entrou no lugar de Ítalo Henrique. Na segunda etapa, o meio deu o passe que resultou no gol de honra dos corais no confronto, marcado por Léo Gaúcho. De acordo com o técnico, a estratégia pode ter dado errado devido ao gol sofrido logo pelo Santa Cruz no primeiro minuto de jogo. 

> #9 Tudo do clássico entre Náutico x Santa Cruz e gols históricos narrados por Adilson Couto

> Gallo quer novas peças para elenco do Santa cruz: 'vamos focar em reforços que cheguem para jogar'

“Nós criamos uma maneira de jogar e teríamos a velocidade de contra-ataque para achar uma bola no primeiro tempo. Achamos a primeira bola, só não conseguimos o gol. Eu acho que o grande problema foi tomar o primeiro gol da maneira que nós treinamos para não tomar”, afirmou o técnico Alexandre Gallo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.