futebol

Santa Cruz vence Afogados nos pênaltis e está na semifinal do Campeonato Pernambucano


O Tricolor do Arruda enfrenta o Náutico na próxima fase, em jogo marcado para a Arena de Pernambuco

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 05/05/2021 às 23:19
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Santa Cruz sofreu, mas conseguiu avançar para a semifinal do Campeonato Pernambucano 2021. Após o empate sem gols no tempo regulamentar, a Cobra Coral venceu o Afogados na disputa de pênaltis por 5 x 4, no Estádio do Arruda, na noite desta quarta-feira (05), e vai ser o adversário do Náutico na próxima fase da competição estadual. Ouça a disputa de pênaltis na voz de Roberto Queiroz, narrador do Escrete de Ouro.

O jogo

Por Carolina Fonsêca

Quando se encontraram no último domingo (2) para a partida válida pela última rodada da primeira fase do Pernambucano, Santa Cruz e Afogados ficaram no empate sem gols. No reencontro pelas quartas de final, nesta quarta-feira, as equipes estenderam esse empate em 0x0 por mais 90 minutos.

Visitante no Arruda, o Afogados preferiu não se expor muito. Praticamente não saiu jogando com a bola e apostou na estratégia de segurar, ao máximo, o Santa Cruz no meio de campo, aproveitando uma ou outra oportunidade de chegar com perigo na área coral.

Diante dessa abordagem da Coruja do Sertão, o Santa Cruz sofreu, mas aos poucos foi achando alguns espaços e tentando levar perigo para a meta do goleiro afogadense. Nesse ritmo, a partida apesar de decisiva para os dois lados, teve poucos lances de destaque nos primeiros 45 minutos.

A primeira – e única – boa chegada do Afogados no jogo foi logo aos 4 minutos, quando Vargas avançou pelo campo de ataque, fez um bom passe para Bravo, que bateu de primeira por cima do gol de Jordan.

O Santa, por sua vez, teve duas boas oportunidades. Aos 24 minutos, Madson recebeu passe de Eduardo, pela esquerda, e cruzou. Pipico, na área, se antecipou e cabeceou bem, mas Léo espalmou, evitando o gol tricolor. Aos 45 minutos, em uma das poucas tentativas do Santa Cruz pelo lado direito do campo, Chiquinho fez uma jogada individual, entrou na área e bateu cruzado. A bola tirou tinta da trave e saiu pela linha de fundo e a partida foi para o intervalo empatada em 0x0.

A tentativa de reação do Santa Cruz se apresentou já nos primeiro minutos da segunda etapa. Aos dois minutos, Pipico recebeu boa bola de Madson, dentro da área, girou e chutou rasteiro, mas o goleiro do Afogados defendeu. Aos 12, Bustamante cruzou da direita para Chiquinho, na esquerda. De primeira, o meia chutou com bastante força, obrigando Léo a fazer mais uma grande defesa.

Se defendendo na maior parte do tempo, aos 18 minutos o Afogados teve uma boa chance. O lateral-direito Jordan se livrou de Derley e chutou de longe, dando um susto no xará Jordan, goleiro do Santa. A partida seguiu até o fim sem que ninguém mexesse no placar e a decisão foi para os pênaltis.

Nos pênaltis, Chiquinho, Karl, França e Léo Gaúcho marcaram para o Santa Cruz, enquanto Léo defendeu a cobrança de Augusto, nas primeiras cinco chances. Pelo Afogados, Gabriel, Cal, Wendel Ney e Jordan também marcaram, enquanto Arêz chutou na trave. A decisão ficou para as cobranças alternadas. Adriano Michael Jackson fez para o Santa e na chance de Índio, Jordan defendeu, classificando o Santa Cruz para as semifinais.

 

Ficha do jogo

Santa Cruz: Jordan; Digão (Karl), William Alves, Júnior Sergipano e Eduardo; Derley, Elicarlos (Augsuto César) e Chiquinho; Madson (França), Pipico (Léo Gaúcho) e Bustamante (Adriano Michael Jackson). Técnico: Bolíver.

Afogados: Léo; Arlan, Heverton e Gabriel Gonçalves; Jordan, Dim (Luquinhas), Arez, Vinícius Vargas (Cal Rodrigues) e Thalison (Wendel Nery), Filipe Eduardo (Índio) e Bravo (Janelson). Técnico: Sérgio China.

Cartões amarelos: Bustamente (STA); Dim, Thalison, Filipe Eduardo e Vinícius Vargas (AFO).

Local: Estádio do Arruda, Recife. Árbitro: Michelangelo Almeida. Assistentes: Clóvis Amaral e José Romão.


Mais Lidas