Com dois gols de Kieza, Náutico vence o Santa Cruz e está na final do Campeonato Pernambucano 2021

Dono da melhor campanha, o Náutico vai ter a chance de disputar a segunda partida da decisão com o manda de campo

FUTEBOL
Com dois gols de Kieza, Náutico vence o Santa Cruz e está na final do Campeonato Pernambucano 2021

Kieza marcou duas vez na partida e decidiu o Clássico das Emoções - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Após garantir a melhor campanha na primeira fase, o Náutico fez valer o favoritismo no Clássico das Emoções e se classificou para a final do Campeonato Pernambucano 2021 após vencer o Santa Cruz por 2 x 1 na Arena de Pernambuco. O time alvirrubro esperar o adversário de Sport x Salgueiro, que se enfrentam nesta segunda-feira (10), na Ilha do Retiro. Independente do adversário, a segunda partida da decisão terá mando de campo do Timbu.

Com dois gols na partida, Kieza chegou a nove no Estadual e ampliou a vantagem na artilharia. O tricolor descontou na reta final com um gol contra de Paiva. Ouça os gols na voz de Alexandre Costa, do Escrete de Ouro.

O jogo

Por Carolina Fonsêca, do Jornal do Commercio e Blog do Torcedor

Classificado para as semifinais como a melhor equipe do primeiro turno, o Náutico apresentou em campo um futebol à altura da sua campanha. O Santa Cruz, por sua vez, tentou pressionar o adversário, mas pagou o preço pela dificuldade para criar jogadas. Neste cenário, apesar da posse de bola bastante equilibrada para os dois lados, os alvirrubros conseguiram abrir vantagem logo na etapa inicial.

Se tratando de uma disputa por vaga na final, ficou claro o comprometimento das duas equipes com o teor decisivo da partida. E assim como em toda decisão, os detalhes fizeram a diferença. Aos 18 minutos, o Náutico investiu no ataque pelo lado direito, com Hereda, que levou vantagem na força, escapou do corte de Derley e encontrou Kieza na área, que abriu o placar para o Timbu.

Depois do gol alvirrubro, os tricolores rapidamente mudaram de postura, conseguindo deixar o jogo mais no campo de defesa do Náutico. Mas apenas aos 32 minutos o Santa teve uma boa chance no jogo, com uma chegada pela esquerda. Eduardo deixou para Pipico finalizar, mas o camisa 9 parou na defesa do Timbu. Chiquinho entrou na jogada, chutou, mas mandou para fora. Apesar de emendar alguns minutos no ataque, não conseguiu balançar as redes. O alvirrubro voltou a ter mais controle do jogo e assim a partida foi para o intervalo com vitória dos mandantes por 1x0.

Para o segundo tempo, a equipe comandada pelo técnico Hélio dos Anjos não teve nenhuma mudança. Do lado do Santa Cruz, o técnico Bolívar, que fazia seu terceiro jogo no comando da equipe, voltou para o segundo tempo com duas mudanças no meio de campo e uma no ataque, trocando Derley e Elicarlos por Karl e Augusto, além de acionar França no lugar de Bustamante. A estratégia de Hélio continuou surtindo mais efeito.

Aos 6 minutos, o lateral-direito Digão cometeu falta em Bryan, na área, dando pênalti para o Náutico. Kieza cobrou, aumentou o placar para 2x0 e deixou o Timbu ainda mais perto da final.

Nem assim o Santa Cruz jogou a toalha e, aos 45 minutos do segundo tempo, pressionava a defesa alvirrubra e conseguiu balanças as redes, mas com um gol contra de Paiva. Com isso, os cinco minutos de acréscimo se tornaram a chance da Cobra Coral levar a decisão para os pênaltis e quase conseguiu com Adriano, aos 47 minutos, mas o atacante mandou por cima do gol de Alex Alves e a história do jogo se encerrou com vitória alvirrubra.

Ficha do jogo

Náutico: Alex Alves; Hereda, Wagner Leonardo, Camutanga e Bryan; Djavan (Matheus Trindade), Rhaldney (Marciel) e Jean Carlos (Luiz Henrique); Erick, Kieza (Paiva) e Vinicius (Giovanny). Técnico: Hélio dos Anjos.

Santa Cruz: Jordan; Digão, William Alves, Breno Calixto e Eduardo; Derley (Karl), Elicarlos (Augusto César) e Chiquinho; Bustamante (França), Pipico (Léo Gaúcho) e Madson (Adriano Michael Jackson). Técnico: Bolívar.

Cartões amarelos: Djavan, Rhaldney e Erick (NÁU); Elicarlos, Digão e Breno Calixto (STA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.