futebol

Jean Carlos decide e Náutico estreia na Série B com vitória contra o CSA nos Aflitos


O atual campeão pernambucano venceu a equipe alagoana por 1 x 0 com gol marcado pelo meio-campista

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 28/05/2021 às 23:18
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Náutico começou a caminhada no Campeonato Brasileiro da Série B com o pé direito. No duelo de campeões estaduais, o alvirrubro levou a melhor diante do CSA devido ao gol marcado por Jean Carlos aos 25 minutos do primeiro tempo. Com a vitória sobre o time alagoano, na noite desta sexta-feira (28), já são 18 jogos do Timbu sem perder no Estádio dos Aflitos. Ouça abaixo a narração de Roberto Queiroz.

O jogo

Por Carolina Fonsêca

Campeões nos seus respectivos estaduais, Náutico e CSA entraram em campo buscando jogo e teve pressão para os dois lados. A partida começou intensa, com bastante velocidade e um pouco de superioridade alvirrubra. Com menos de cinco minutos de jogo, o Timbu já contabilizava duas finalizações, sendo a primeira aos três minutos, com Jean Carlos aproveitando de fora da área e oura aos quatro minutos, quando Kieza chegou com perigo pelo lado direito.

> #34 Raio-x da Série C e as últimas informações de Santa Cruz, Sport e Náutico

O CSA também teve suas oportunidades e tentou dar uma resposta às chegadas do Náutico. Aos 9 minutos, Iury recebeu um cruzamento de Norberto e cabeceou com tudo para o gol, mas Alex Alves fez a defesa em dois tempos. O atacante azulino teve outra oportunidade, aos 12 minutos, quando foi acionado por Nadson, mas a jogada parou na sinalização de impedimento do bandeirinha.

Criando oportunidades melhores, o Náutico levou para o placar a superioridade que apresentava em campo. Aos 26 minutos, depois de uma cobrança de lateral, a bola sobrou para Jean Carlos e ele encheu o pé para marcar o primeiro gol alvirrubro na Série B de 2021 e também o primeiro do jogo.

> Vídeo: Náutico é autuado pelo Procon por promover aglomeração durante festa da vitória nos Aflitos

No decorrer da primeira etapa, a equipe comandada por Hélio dos Anjos seguiu pressionando e chegando com perigo ao gol de Thiago Rodrigues, mas não conseguiu balançar as redes outra vez. Enquanto isso, os alagoanos, de maneira mais tímida, também tentaram pressionar o Timbu, mas sem sucesso. O jogo foi para o intervalo com vitória parcial do Náutico por 1×0.

Atrás no placar, o CSA voltou do intervalo com mudanças. Bruno Pivetti mexeu no meio de campo e no ataque, tirando o volante Silas para a entrada do também volante Marquinhos. Na frente, trocou um atacante por outro, com Silvinho no lugar de Marco Túlio. Hélio dos Anjos só mexeu na sua equipe aos 13 minutos, colocando Matheus Trindade no lugar de Marciel.

Apesar das mudanças dos treinadores, pouca coisa mudou do que se apresentava desde o primeiro tempo, após o gol alvirrubro. O Náutico seguia mais objetivo, enquanto o CSA aproveitava os contra-ataques para pressionar a defesa do Timbu. Enquanto os técnicos mexiam nas peças, tentando encontrar uma solução, o tempo seguia e o placar se mantinha o mesmo.

Com uma saída de bola improdutiva, o CSA tinha dificuldades para jogar e criava pouco. Diante disso, o Náutico conseguiu manter a vantagem, apesar de não conseguir aumentá-la e o jogo terminou com vitória alvirrubra.

Ficha do jogo

Náutico: Alex Alves; Hereda (Rafinha), Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Djavan, Marciel (Matheus Trindade) e Jean Carlos (Vinícius Vargas); Erick, Vinicius (Giovanny) e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

CSA: Thiago Rodrigues; Norberto, Matheus Felipe, Lucão e Vitor Costa (Ítalo), Silas (Marquinhos), Gabriel Tonini (João Victor Rocha) e Nadson; Marco Túlio (Silvinho), Aylon (Patrick) e Iury. Técnico: Bruno Pivetti.

Gol: Jean Carlos aos 25' do 1ºT. Cartões amarelos: Lucão, Aylon e Patrick (CSA).

Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA). Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen (BA) e Daniella Coutinho Pinto (BA).


Mais Lidas