polêmica

Paulo Câmara deve proibir participação de Pernambuco na Copa América


Recife foi escolhida como uma das sedes da Copa América, após a Conmebol confirmar a mudança para o Brasil

JC Imagem
FOTO: JC Imagem
Leitura:

Após a Conmebol anunciar que a Copa América será realizada no Brasil, mesmo com a grave situação da pandemia da covid-19 no país, e Recife ser confirmada como uma das sedes do torneio de seleções, o governador Paulo Câmara (PSB) deve barrar jogos da Copa América no Estado. A informação foi apurada pelo Blog do Jamildo com fontes da gestão estadual. A competição está marcada para começar no dia 14 de junho.

O anúncio do Brasil como sede foi revelado nesta segunda-feira (31), depois que Colômbia e Argentina informarem que não têm condições de organizar a competição sul-americana. A escolha da Conmebol, entidade organizadora do futebol na América do Sul, teve o aval do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Leia mais no Blog do Jamildo.

 

Entenda o caso

Inicialmente, a Copa América seria disputada pela primeira vez em dois países-sedes. No entanto, a Colômbia desistiu de receber a competição devido a crescente tensão social no país e a repressão violenta por parte da polícia aos protestos. Em seguida, a Argentina (outra sede) afirmou que à piora da pandemia de covid-19 no país impossibilita a realização da competição.

> Maciel Júnior detona escolha do Brasil como sede da Copa América: ''Insensatez e falta de respeito''

De acordo com a Conmebol pesou para o Brasil o fato de ter sediado o torneio em 2019 (vencida pela Seleção Brasileira) e o fato de ter mais estádios em boas condições para os jogos das equipes nacionais da América do Sul.

Ainda segundo a confederação, as datas de início e término do Copa América estão confirmadas para 13 de junho e 10 de julho, e a tabela deve ser anunciada "nas próximas horas". A Conmebol deseja fazer a final no Maracanã.

 

Mais Lidas