SÉRIE A

Umberto Louzer segue na busca por time ideal do Sport


Treinador rubro-negro ainda não conta com todos os atletas à disposição e, por isso, tem variado as escalações

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/06/2021 às 21:07
Anderson Stevens/ Sport
FOTO: Anderson Stevens/ Sport
Leitura:

Com tantas baixas na equipe, o técnico Umberto Louzer ainda está buscando a melhor formação para o Sport. Neste momento, porém, a mudança constante de uma partida para outra acaba não sendo uma opção, mas, sim, uma necessidade. Contra o Atlético-MG, mais uma vez, o treinador rubro-negro deve mexer na equipe leonina.

Isso porque o atacante Neilton se recuperou de uma entorse no tornozelo e fica à disposição para a partida. Já o centroavante André, apesar de ter reestreado com gol diante do Internacional, deve iniciar a partida de domingo (6), às 20h30, no estádio da Ilha do Retiro, pela segunda rodada da Série A, no banco de reservas.

"Claro que, quando temos a possibilidade de repetir a equipe, o entrosamento vem mais rápido e o sincronismo em campo também. Enfrentamos algumas dificuldades; pois, no mesmo elenco, temos três grupos: quem estão chegando agora, quem precisa se recondicionar e aqueles que permaneceram. É preciso buscar esse encaixe e equilíbrio entre os três grupos, mas nos trabalhos de semana aberta que desenvolvemos em campo, alguns atletas seguem em recuperação e, nos treinos, não conseguimos ter todos os atletas do grupo. Vamos trabalhar para, o quanto antes, ter na ponta da língua a equipe. Mas, numa competição longa e por conta da pandemia, o futebol exige termos além dos 11 titulares, um grupo com capacidade de ser titular para corresponder em campo e fazer o melhor para o Sport", declarou Umberto Louzer.

ESQUEMA TÁTICO

Com relação a possibilidade de o Sport encarar a forte equipe do Atlético-MG com três atacantes, o treinador leonino não descartou a ideia de entrar com um esquema mais ofensivo. "São possibilidades que temos, até devido ao número de atletas que temos nessa função. Mas também trabalhamos variações, não só com três atacantes. Treinamos outras formatações, como jogamos com um meio de campo mais preenchido. Estudamos o adversário e trabalhamos essas variações até porque numa competição com 38 rodadas vai exigir da gente esse repertório... Variando na partida e de um jogo para o outro", explicou.

A provável escalação do Sport para encarar o Atlético-MG: Maílson; Hayner (Patric), Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão, Júnior Tavares e Thiago Neves; Neilton, Paulinho Moccelin e Mikael.

 

Mais Lidas