SÉRIE B

Em terceiro empate consecutivo, Náutico fica no 1x1 com o CRB


Timbu atravessa momento de oscilação na Série B e observa adversários se aproximarem

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 29/06/2021 às 23:26
Tiago Caldas/ CNC
FOTO: Tiago Caldas/ CNC
Leitura:

O Náutico segue a sua saga de empates. Após começar a Série B de forma avassaladora, o Timbu vive um momento de oscilação e empatou pela terceira vez consecutiva. Desta vez, a equipe alvirrubra foi até Maceió e ficou no 1x1 com o CRB, nesta terça-feira (29), no estádio Rei Pelé, pela oitava rodada da Segundona. O atacante Erick, que tem o seu contrato se encerrando com o Timbu nesta quarta-feira (30) - a direção ainda tenta a renovação do empréstimo do jogador junto ao Braga, de Portugal - marcou o gol pernambucano, enquanto que Caetano fez para os alagoanos.

Com o empate, a equipe alvirrubra agora soma 18 pontos e já volta a campo na sexta-feira (02/07), quando recebe o Operário-PR, às 19h, no estádio dos Aflitos, pela nona rodada da Série B.

O JOGO

Em duelo de duas equipes nordestinas, CRB e Náutico começaram o confronto com bastante. As disputadas no setor de meio de campo eram intensas, com as duas equipes encontrando dificuldades para criar espaços para chegar ao ataque.

A primeira boa oportunidade na partida foi do Náutico, em bola parada. Aos seis minutos, Jean Carlos cobrou falta na entrada da área, a barreira abriu, mas o goleiro Diogo Silva encaixou a bola sem dar rebotes.

Como pelo meio de campo o jogo estava congestionado, a equipe alvirrubra passou a investir pelos lados. Aos 20, Erick recebeu passe no meio, observou a ultrapassagem de Hereda e rolou para a área... O lateral-direito chegou batendo, sendo que não pegou em cheio na bola e facilitou a defesa de Diogo Silva.

Aos poucos, o Náutico ia dominando as ações da partida. Mais uma vez em bola parada, Jean Carlos cobrou falta de mais distante, mudou a batida e colocou força e efeito na bola, obrigando Diogo Silva a espalmar pra cima e defender em seguida, aos 30.

No minuto seguinte, Bryan roubou a bola na intermediária, arrancou pelo meio, tabelou com Jean Carlos e disparou um chute rasteiro da meia lua da grande área, esbarrando novamente no goleiro Diogo Silva, que fez mais uma boa intervenção.

A essa altura, o CRB não conseguia se desvencilhar da marcação pernambucana e, com isso, o goleiro Alex Alves era um mero espectador dentro de campo. A primeira defesa do queiro alvirrubro aconteceu aos 42, quando Reginaldo foi à linha de fundo e cruzou rasteiro... A bola passou por toda a extensão da área, chegando no atacante Erick, que finalizou forte, no chão e Alex Alves encaixando sem dar rebote.

No retorno da etapa complementar, o CRB já começou incomodando o goleiro do Náutico. Aos dois, Diego Torres lançou Hyuri dentro da área e, ao invés de cruzar, chutou entre a trave e Alex Alves, mas o arqueiro alvirrubro conseguiu antever a jogada e espalmou pra escanteio.

Sem deixar o time alagoano se empolgar na partida, o Timbu engrenou três boas jogadas em sequência até abrir o placar. Aos 11, Jean Carlos faz jogada individual e chuta forte... Diogo Silva ainda tocou na bola, que foi na rede do lado de fora. Aos 12, o próprio Jean Carlos cobrou escanteio e Vinícius subiu para cabecear com perigo, com a bola passando próximo da trave.

A blitz surtiria efeito aos 14, quando Hereda acionou Erick na área, ele dançou na frente do marcador, puxou pra perna esquerda e finalizou no cantinho direito, sem chances para o goleiro Diogo Silva: 0x1.

Atrás do placar, o CRB partiu em busca do empate. Aos 31, o meia Diego Torres conseguiu fazer boa tabela com Ewerton e recebeu dentro da área e finalizou forte, mas Matheus Trindade fez o bloqueio providencial do que poderia ser o gol alagoano.

Nos minutos finais, a pressão dos donos da casa aumentou. Aos 45, o lateral Guilherme Romão fez o cruzamento na área e o zagueiro Caetano pegou de primeira, finalizando no canto, sem chances para o goleiro Alex Alves: 1x1.

Ficha do jogo

CBR

Diogo Silva; Reginaldo Lopes, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei (Wesley), Jean Patrick (Carlos Jatobá) e Diego Torres; Alisson Farias (Ewandro), Erick e Hyuri. Técnico: Allan Aal.

NÁUTICO

Alex Alves; Hereda, Yago (Marciel), Wagner Leonardo e Bryan; Matheus Trindade, Rhaldney (Luiz Henrique) e Jean Carlos; Vinícius (Vinícius Vargas), Erik (Nicolas Careca) e Paiva (Matheus Carvalho). Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: estádio Rei Peló, em Maceió (AL).
Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN).
Assistentes: Vinícius Melo de Lima e Luís Carlos de França Costa (ambos do RN).
Gols: Erick, aos 14; Caetano, aos 45 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Guilherme Romão, Gum, Diego Torres (CRB) e Bryan (NÁU).


Mais Lidas