gosto amargo

Jean Carlos perde pênalti e Náutico fica só no empate com a Ponte Preta nos Aflitos pela Série B


O time alvirrubro teve a chance de virar a partida no segundo tempo, mas o meio-campista desperdiçou

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 12/07/2021 às 21:55
Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O Náutico bem que tentou, mas não conseguiu sair do empate com a Ponte Preta, nesta segunda-feira (12), nos Aflitos, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time alvirrubro teve a bola da vitória nos pés de Jean Carlos, em cobrança de pênalti. No entanto, o meia bateu forte e isolou a bola. Com isso, o resultado ficou mesmo no 1 x 1. Apesar do gosto amargo do resultado, o Timbu segue líder da competição.

Na próxima partida, o Náutico vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco da Gama. A partida está marcada para o domingo (18), às 16h, no Estádio São Januário. Ouça os gols da partida entre Náutico x Ponte Preta:

O jogo

A partida começou com a imposição ofensiva do Náutico. Logo nos primeiro minutos, a defesa falhou de forma bisonha e Paiva invadiu a área sozinho, mas errou o passe. Na sequência, Marciel levou perigo em chute da entrada da área. No entanto, quem abriu o placar foi a Ponte Preta. André Luiz soltou uma bomba, o goleiro Jefferson espalmou para frente e Moisés apareceu sozinho no rebote para fazer o gol.

Poucos minutos depois, ele teve a chance de fazer o segundo. Ficou frente a frente com o goleiro do Náutico, mas preferiu tentar o toque e a bola vai para fora. O jogo foi pouco movimento, até a reta final da primeira etapa, quando Marciel pegou de primeira da entrada da área e soltou um chute forte. A bola passou com muito perigo.

O técnico Hélio dos Anjos voltou do intervalo com mudanças e manteve a estratégia de pressionar nos minutos iniciais. Tanto que Camutanga empatou o confronto. Jean Carlos cobrou escanteio fechado na primeira trave, e o zagueiro desviou de cabeça para o fundo das redes.

Depois de boas oportunidades para ambos os lados e um segundo tempo bem mais movimento do que a primeira etapa, o Náutico teve a grande chance de sair como o vencedor do confronto. Aos 30 minutos, o árbitro viu falta de Fábio Sanches em cima de Vinicius dentro da área. O camisa 10 do Timbu isolou a cobrança e desperdiçou.

Mesmo com a pressão na reta final, além de sofrer com os contra-ataques do time paulista, o placar final foi mesmo o empate. O resultado não interfere na colocação do Náutico na tabela. O time segue como líder isolado e invicto. Já a Ponte Preta pode entrar na zona de rebaixamento, caso Vitória, Brasil de Pelotas, Londrina ou Remo ganhe na rodada.

Ficha do jogo

Náutico: Jefferson; Bryan, Carlão, Camutanga e Breno (Rafinha); Rhaldney, Matheus Trindade (Giovanny) e Marciel; Jean Carlos, Paiva e Vinicius. Técnico: Hélio dos Anjos.

Ponte Preta: Ivan; Kevin, Fábio Sanches, Cleylton e Felipe Albuquerque; Dawhan, André Luiz e Richard (Josiel); Camilo (Thalles/Renatinho), Moisés e Niltinho (Fessin). Técnico: Gilson Kleina.

Gols: Moisés (PON) aos 18' do 1°T e Camutanga (NÁU) aos 04' do 2° tempo. Cartões amarelos: Marciel, Rafinha e Hélio dos Anjos (NÁU); Dawhan, Niltinho e Gilson Kleina (PON).


Mais Lidas