Olimpíada de Tóquio: alerta de tufão deixa surfistas animados com ondas mais altas

Estreia dos quatro surfistas brasileiros acontece neste sábado (24), a partir das 19h

JOGOS OLÍMPICOS
Olimpíada de Tóquio: alerta de tufão deixa surfistas animados com ondas mais altas

Gabriel Medina vai representar o Brasil na competição de surf na Olimpíada de Tóquio - Foto: Acervo pessoal/ Gabriel Medina

Agência Brasil

Enquanto que a população japonesa demonstra preocupação com a possibilidade de um tufão que está sendo formado na costa durante a próxima semana, os surfistas que participarão dos Jogos Olímpicos de Tóquio estão recebendo a notícia de altas ondas com otimismo e de braços abertos.

A Olimpíada na capital japonesa está sendo realizada durante a temporada de tufões e o clima é um grande ponto de discussão. Espera-se que o calor e a umidade sejam um fator importante em muitos esportes. Mas o vento e as ondas são a parte mais importante do surfe, que estreará na Olimpíada.

A Surfline, fornecendo as previsões para os Jogos de 2020, espera um aumento das ondas de ciclones tropicais a partir de domingo (25) e ao longo da próxima semana, com uma sequência prolongada de ondas de tamanho médio durante a janela de oito dias da competição.

"Haverá boas ondas, há um forte tufão aqui na costa do Japão e sabemos que as ondas estão ficando maiores", disse o presidente da Associação Internacional de Surfe, Fernando Aguerre, à Reuters, em uma entrevista por telefone.

COMEMORAÇÃO

Relatos de um possível tufão foram recebidos com alegria por alguns competidores. "É pequeno, mas há ondas a caminho! Vamos nessa", escreveu o surfista australiano Owen Wright no Instagram, depois da sua primeira sessão de treinos na praia Tsurigasaki, onde as competições começam neste domingo (25).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.