Náutico perde para o Coritiba por 3 a 1 e reconhece primeira derrota na Série B

Sem Jean Carlos e Kieza, time alvirrubro não encontrou seu futebol e teve a invencibilidade quebrada após 14 partidas na competição.

TIMBU
Náutico perde para o Coritiba por 3 a 1 e reconhece primeira derrota na Série B

Timbu não segurou o Coxa Branca no Couto Pereira e perdeu invencibilidade na Série B. - Foto: Coritiba Foot Ball Club / Divulgação

Após 14 rodadas, o Náutico sentiu os desfalques e sofreu a primeira vitória na Série B nesta sexta-feira (30), diante do Coritiba, no Couto Pereira. O Timbu estava sem o meia Jean Carlos e o atacante Kieza. O time pernambucano até esboçou uma reação no segundo tempo, mas não segurou o Coxa Branca e perdeu por 3 a 1.

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado. Até os 15 minutos do primeiro tempo, o Coritiba assustou com duas chegadas de Léo Gamalho e uma de Robinho. Do outro lado, o Timbu tentou uma reação com Vinícius, que pegou torto na bola e não levou perigo ao gol alviverde. Aos 18', Igor Paixão cabeceou com liberdade e a bola tocou na trave do goleiro alvirrubro Alex Alves. Na sequência, Marciel respondeu, com um chute para fora. Causando pressão contra o adversário, o Coxa Branca cresceu no jogo e aos 32', abriu o marcador com Igor Paixão, de rebote, depois de chute forte de Val, rasteiro, que bateu na trave. O domínio alviverde seguiu no jogo e oito minutos depois, Wagninho ampliou a vantagem do time paranaense, invadindo a área e colocando no canto da meta alvirrubra. Coxa Branca 2 x 0 Náutico.

Segundo tempo

O Náutico voltou para o segundo tempo com duas mudanças na equipe e com a difícil missão de reverter o placar. Iago entrou no lugar de Marciel e Matheus Carvalho substituiu Rafinha. Com a saída de Rafinha, Bryan reassumiu a lateral esquerda do Náutico. Aos 11, Carvalho levantou na área e Wilson não conseguiu dar o soco na bola. Na sequência, Luciano Castán afastou e Bryan pegou o rebote, mas chutou para longe. O Coxa teve duas boas chegadas aos 20' e 21', com Igor Paixão e Léo Gamalho. O primeiro fez boa jogada individual pela esquerda e chutou para fora. Já o segundo recebeu na perna direita e também desperdiçou.

Em seguida, aos 23, a defesa do time paraense bateu cabeça dentro da pequena área e a bola sobrou para Paiva, que tocou para Matheus Carvalho girar sobre Henrique e chutar rasteiro para superar Wilson. Timbu diminui o placar, 2 a 1. Mas não demorou muito para o Coxa reagir. Aos 35, Gamalho marcou o terceiro gol, cabeceando na medida após cruzamento de Igor Paixão. O Timbu respondeu quatro minutos depois, com chute colocado de Matheus Trindade, mas o goleiro Wilson fez grande defesa. Nos acréscimos, o time pernambucano tentou diminuir o prejuízo, mas o Coxa manteve o domínio do jogo. Final: Coritiba 3 x 1 Náutico. 

Arbitragem

Thiago Luis Scarascati apitou o jogo, auxiliado por Fabrini Bevilaqua Costa e Gustavo Rodrigues de Oliveira. Todo o trio é de São Paulo. Na Série B, o árbitro de vídeo (VAR) será introduzido a partir do segundo turno.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.