mercado do futebol

Diretor do Náutico confirma que Jefferson não será mais utilizado e explica negociação com Anderson; ouça a entrevista exclusiva


Em entrevista na concentração do Náutico para o jogo contra o CSA-AL, em Maceió, Ari Barros falou sobre o momento do clube

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 24/08/2021 às 12:46
Tiago Caldas e Caio Falcão/Clube Náutico Capibaribe
FOTO: Tiago Caldas e Caio Falcão/Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

A situação do Náutico no Campeonato Brasileiro da Série B não é das melhores. Apesar de estar perto dos primeiros colocados, o Timbu vem de uma sequência negativa que o tirou da liderança e depois do G-4 da competição. Durante esse período, o técnico Hélio dos Anjos pediu desligamento do clube. Entre os pontos negativos do momento, talvez o goleiro seja a posição mais criticada pela torcida. Antes da saída do treinador, Alex Alves perdeu a titularidade para Jefferson. No entanto, o substituto falhou na derrota para o Cruzeiro e aumentou os questionamentos.

> Com necessária reformulação do elenco, Marcelo Chamusca chega ao Náutico

Em entrevista exclusiva à João Victor Amorim, do Escrete de Ouro, direto da concentração do time, que está em Maceió para o jogo contra o CSA nesta terça-feira (24), no Estádio Rei Pelé, às 21h30, o diretor-executivo de futebol do Náutico, Ari Barros, revelou que Jefferson permanece na equipe alvirrubra, mas não será mais utilizado. Confira a entrevista na íntegra:

''Eu chamei ele (Jefferson) na minha sala e fui muito sincero. Nós temos sempre que agir com a verdade e muitas vezes pode doer, mas é bom. Expliquei todo o contexto da pessoa, que nós precismos respeitar. Falei depois do jogo (contra o Cruzeiro) que ele não estaria com um objetivo na competição. Ele precisava treinar um pouco mais e de outras situações. Todo mundo tem direito a erro, mas o Jefferson chegou em uma situação que ele não pode errar. Se falhar uma vez, vai ser crucificado. Chega um momento que é preciso encontrar novos ares'', revelou.

> Recuperado de lesão, lateral quer mostrar seu futebol para novo treinador do Náutico

De acordo com o dirigente alvirrubro, o clube ainda vai tentar resolver o futuro do goleiro, seja com um empréstimo ou a rescisão de contrato. Em 2021, Jefferson atuou em apenas três partidas. ''São decisões que precisamos ter paciência. As coisas no futebol nos surpreendem. É possível se ver tudo. Acontece de o jogador atuar como titular e depois não ser relacionado'', explicou Ari Barros.

Negociação com Anderson

Após revelar a saída de Jefferson, o dirigente confirmou que o Náutico segue negociando o retorno do goleiro Anderson, que deixou saudades na torcida do Timbu. Segundo Ari Barros, a possibilidade do jogador voltar ao clube é boa, mas alguns pontos ainda impedem o acordo. Atuando por empréstimo do Athletico, o arqueiro disputou 16 jogos com a camisa alvirrubra na Série B de 2020.

> Membros de torcida organizada invadem sede do Náutico e discutem com atacante; veja vídeo

''O Anderson é um atleta que já mostrou um potencial extraordinário e estamos conversando com ele e com o Athletico-PR. Existem algumas chances claras da vinda dele, mas têm situações internas que eu não posso externar. Estamos com os pés nos chão e vamos dar toda a credibilidade ao Alex Alves. Temos que ter cautela e dizer para o torcedor que estamos buscando o melhor para a gente continuar forte na competição[...] Temos até o mês vem um prazo para inscrever até oito atletas'', afirmou o diretor de futebol.


Mais Lidas