SÉRIE B

Jogando abaixo tecnicamente, Náutico fica no empate com o Vitória e desperdiça chance de voltar ao G-4

Timbu empatou em 1x1 com o rubro-negro baiano e segue fora do grupo de acesso

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/08/2021 às 17:57
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

Mesmo jogando em casa, o Náutico ficou no empate em 1x1 com o Vitória, neste domingo (29), no estádio dos Aflitos, pela 21ª rodada da Série B, e desperdiçou a oportunidade de retornar ao G-4. Os gols da partida foram marcados por Vinícius para os alvirrubros e Bruno Oliveira para os rubro-negros. Com o ponto conquistado, o Timbu agora ocupa a sexta colocação, com 34 pontos.

A equipe timbu volta a campo no próximo sábado (4/9), quando recebe o Guarani, às 16h (de Brasília), no estádio dos Aflitos, pela 22ª rodada da Segundona.

O JOGO

Mesmo dependendo só de si para retornar ao G-4 nesta rodada, o Náutico não começou bem a partida contra o Vitória. Ao contrário do que costuma fazer atuando em casa, o Timbu não conseguiu impor o seu ritmo de jogo e viu a equipe baiana neutralizar as suas ações e tomar conta da posse de bola.

Logo aos dois minutos, o Leão da Barra chegou com perigo no chute de Wesley e Alex Alves defendendo de manchete, mandando para longe.

Aos 33, mais uma vez Wesley travou um duelo particular com o goleiro alvirrubro. Fernando Neto roubou a bola no campo defensivo e puxou um rápido contra-ataque e abriu para o atacante na esquerda... Wesley dominou e chutou rasteiro, cruzado, Alex Alves caiu para fazer a defesa e deixou a bola passar por baixo; mas, pra sorte alvirrubra, a bola não foi em direção ao gol.

O Náutico encontrava bastante dificuldade para chegar ao ataque, com seus principais jogadores (Jean Carlos e Vinícius) pouco criativos na partida. Com iso, aos 36, coube ao zagueiro Rafael Ribeiro levar perigo à meta do Vitória. O defensor recebeu na direita e tentou o cruzamento pra área, mas a bola pegou efeito e quase morre na rede baiana - saiu por cima do travessão.

A tarde realmente não estava sendo boa para o capitão do Náutico. Aos 43, Hereda desceu pela direita e cruzou rasteiro para Vinícius finalizar na marca do pênalti, que acabou sendo enganado pelo quique da bola no gramado irregular dos Aflitos, e isolou a bola por cima da meta de Lucas Arcanjo.

Na volta para a etapa complementar, o Timbu voltou melhor e com mais ímpeto ofensivo. Logo aos cinco minutos, a jogada fatal funcionou novamente. Jean Carlos cobrou escanteio mandando a bola na primeira trave e Vinícius deu uma casquinha de cabeça para abrir o placar nos Aflitos: 1x0.

 

Não demoraria para os donos da casa chegarem mais uma vez com perigo. Aos 17, Jean Carlos cobrou falta na diagonal da entrada da área e mandou no canto de Lucas Arcanjo, que tentou encaixar a bola e acabou deixando ela passar, mas reagiu rapidamente e segurou no segundo momento.

O Náutico estava melhor na partida, mas acabou sofrendo o gol de empate após falha individual de Hereda. Aos 20, o lateral-direito foi tentar sair jogando e acabou sendo desarmado... O Vitória fez uma boa troca de passes e Bruno Oliveira finalizou de dentro da área para marcar o gol dos baianos: 1x1.

 

Apesar do gol sofrido, os alvirrubros tiveram duas chances em seguida para ficar novamente na frente do placar. E dois lances idênticos. Aos 30, Jean Carlos cobrou escanteio na medida para Rafael Ribeiro testar sozinho de dentro da área e, incrivelmente, mandar a bola pra fora. Aos 32, novamente o camisa 10 cobrou outro tiro esquinado e, desta vez, o zagueiro timbu subiu junto com Matheus Carvalho e cabeceou prensado, mandando a bola rente a trave de Lucas Arcanjo.

Os escanteios que estavam sendo uma arma a favor, acabou se voltando contra o Náutico. Aos 41, após cobrança de escanteio alvirrubro, o Vitória puxou um rápido contra-ataque, a bola chegou até os pés de Cedric, que ajeitou e soltou uma bomba da intermediária e acertou o travessão de Alex Alves. Quase gol do rubro-negro baiano.

O atacante Vinícius ainda foi expulso nos minutos finais e o Náutico acabou ficando no empate com o Vitória, desperdiçando a chance de voltar ao grupo de acesso.

Ficha do jogo

NÁUTICO

Alex Alves; Hereda, Camutanga, Rafael Ribeiro e Bryan; Rhaldney, Marciel (Luiz Henrique) e Jean Carlos; Tailson (Iago Dias), Vinícius e Paiva (Matheus Carvalho). Técnico: Marcelo Chamusca.

VITÓRIA

Lucas Arcanjo; Van, Wallace, Mateus Moraes (Thalisson) e Roberto; Pablo, Fernando Neto (Cedric) e Soares (Bruno Oliveira); Wesley (David), Marcinho e Samuel. Técnico: Wagner Lopes.

Local: estádio dos Aflitos, no Recife (PE).
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior (PR).
Assistentes: João Fábio Machado Brischiliari e Weber Felipe Silva (ambos do PR).
Gols: Vinícius, aos cinco; e Bruno Oliveira, aos 20 do 2º Tempo.
Cartões amarelos: Rhaldney (NÁU) e Mateus Moraes, Roberto (VIT).
Cartão vermelho: Vinícius (NÁU).

Mais Lidas