esperança

Erros de arbitragem e jogo da vida: Roberto Fernandes fala sobre o desafio do Santa Cruz para ficar na Série C

Ouça a entrevista do técnico do Santa Cruz, Roberto Fernandes, ao comentarista Ralph de Carvalho, do Escrete de Ouro

Publicado em 08/09/2021 às 11:37
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

A situação do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro da Série C não é fácil. Além de precisar de 100% de aproveitamento nos últimos três jogos, é necessário torcer para que os rivais diretos, Jacuipense e Floreste, tropecem. Na visão do técnico Roberto Fernandes, a situação do time coral seria melhor se não fossem os erros de arbitragem ao longo da competição. Na última partida, por exemplo, os tricolores criticaram o gol anulado de Pipico, quando o confronto está empatado, e minutos depois saiu o gol da vitória do Paysandu. Matéria em atualização.

> Time base para 2022 e crítica a transição de gestão: ''Agora estamos planejando'', diz presidente do Santa Cruz

‘’Nesta competição, o Santa Cruz sofreu três derrotas pelo mesmo roteiro do jogo contra o Paysandu. se a gente iria vencer o jogo, eu não sei. Mas tenho como avaliar e não sendo a primeira vez é que o jogo está 0 x 0 e o Santa Cruz faz um gol legal, que é equivocadamente mal anulado, depois nós sofremos gol e consequentemente temos a derrota [...] Nós temos 7 pontos a menos na competição por erros de arbitragem. Isso gera uma revolta. Como não tem VAR e não podemos mexer nisso mais, temos que encarar a realidade’’, afirmou. Confira abaixo a entrevista com o comentarista Ralph de Carvalho, do Escrete de Ouro:

Jogo da vida

A projeção do técnico Roberto Fernandes é que a vida do Santa Cruz seja resolvida no dia 19 de setembro, no jogo contra a Tombense-MG, que está marcado para 18h no Estádio Almeidão, em Tombos-MG. Ele acredita que o Tricolor do Arruda consiga superar o Altos-PI e conta com o tropeço dos rivais diretos contra o rebaixamento.

> O que precisa acontecer para o Santa Cruz evitar o rebaixamento à Série D? Veja as possibilidades

‘’Por mais que a gente procure focar em um jogo por vez, é claro que todo mundo faz projeção [...] Na cabeça de todos, o grande jogo pode ser contra o Tombense. na próxima rodada, se der a lógica no futebol e o Santa Cruz fizer a sua parte, o resultado de Jacuipense e Floresta são normais que acontecem, e nós vamos vivos (para a partida)’’, concluiu o treinador do Santa Cruz.

Mais Lidas