declaração

Marcos, ex-goleiro do Palmeiras, diz que Sport teria mais chance de ganhar a Libertadores de 2009; veja vídeo

O pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira foi o carrasco do Sport na partida: ''Um dos melhores jogos da minha carreira''

Publicado em 21/09/2021 às 19:31
Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

O torcedor do Sport lembra bem dos duelos contra o Palmeiras pela Copa Libertadores da América de 2009. Depois de dois jogos na fase de grupos, os time se enfrentaram novamente nas oitavas de final da principal competição de clubes do continente sul-americano e o jogo de volta se tornou histórico. Em entrevista ao podcast PodPah, publicada nesta terça-feira (21), o ex-goleiro Marcos relembrou a partida e afirmou que o Leão, se avança de fase, teria mais chance de ser campeão do que o time paulista.

> VÍDEO: Com narração de Adilson Couto, Sport relembra gol de Dutra contra o Palmeiras na Copa do Brasil de 2008

"Esse jogo foi complicado! Já tínhamos tomado sarrafo deles na Copa do Brasil um monte de vezes. Eu acho que, se o Sport tivesse passado da gente, teria mais chance de chegar no título da Libertadores'', comentou. Veja o vídeo:

Noite inspirada

Conhecido pelo apelido de "São Marcos", o pentacampeão mundial em 2002 pela Seleção Brasileira ainda contou que foi muito bem naquele 12 de maio de 2009 e elogiou a torcida do Sport. ''Foi um dos melhores jogos da minha carreira. Uma noite iluminada! É uma pressão enorme jogar com o estádio deles lotado. Você não consegue falar em campo", disse Marcos, ex-goleiro do Palmeiras.

Relembre como foi o jogo

Após terminar em primeiro no grupo A da Libertadores, com 13 pontos, o Sport teve a vantagem de decidir dentro da Ilha do Retiro. O primeiro jogo, no antigo Palestra Itália, terminou em vitória do Palmeiras por 1 x 0. Na volta, o rubro-negro devolveu o mesmo placar a partida de ida em São Paulo.

> Salários, acordo e polêmica com Thiago Neves: Dirigente abre o jogo sobre bastidores do Sport

Nos pênaltis, brilhou a estrela de Marcos. O goleiro defendeu as cobranças de Luciano Henrique, Fumagalli e Dutra. Com isso, os paulistas avançaram para as quartas de final para enfrentar o Nacional (URU) e foram eliminados.

Mais Lidas