de virada

Após o mês de setembro sem vitória, Náutico vira contra Operário-PR e quebra jejum na Série B


Ao todo, foram sete jogos sem vencer na competição nacional, e Hélio dos Anjos conseguiu os primeiros três pontos desde que voltou

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 01/10/2021 às 23:35
André Jonsson/OFEC
FOTO: André Jonsson/OFEC
Leitura:

O Náutico parecia caminhar para uma derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Só parecia mesmo! Em pouco mais de um minuto, a vida do Timbu no jogo contra o Operário-PR mudou. O que era a sexta derrota seguida e a continuidade dos resultados ruins, virou o fim do jejum que durava desde o dia 24 de agosto. Ao todo, foram sete jogos sem vencer, sendo cinco derrotas seguidas. A equipe alvirrubra virou a partida diante do Fantasma no Estádio Germano Krüger, nesta sexta-feira (01). Foi a primeira vitória de Hélio dos Anjos no retorno ao clube.

> Série B: Ouça os gols da virada do Náutico contra o Operário-PR na voz de Aroldo Costa

Os gols do Náutico foram marcados pelos atacantes Vinícius, em cobrança de pênalti, aos 39 minutos do segundo tempo, e Caio Dantas, que marcou pela primeira vez com a camisa alvirrubra, aos 40 minutos da segunda etapa. Já os paraenses marcaram com Djalma Silva no primeiro tempo. Confira abaixo a situação do Náutico na tabela:

> Náutico acerta com jogador que teve erro de inscrição do Sport e volante do Juventude

Com a vitória, o Timbu chegou 38 pontos e está momentaneamente na nona colocação. Para terminar a 28ª rodada nessa posição, os alvirrubros vão torcer por tropeços de Sampaio Corrêa e Remo, que jogam domingo (03) e segunda (04) contra Londrina e Coritiba, respectivamente, fora de casa.

 

Transmissão da Rádio Jornal

A Rádio Jornal transmitiu ao vivo o confronto entre Operário-PR x Náutico, com narração de Aroldo Costa, comentários de Ednaldo Santos, reportagens de João Victor Amorim e Marcelo Araújo no Plantão Esportivo. Acompanhe abaixo como foi a pré-jornada, o jogo e veja o Resumo Final do Escrete de Ouro:

Ficha do jogo

Operário-PR: Thiago Braga; Alex Silva, Rodolfo Filemon (Odivan), Reniê e Djalma Silva (Fabiano); Leandro Vilela, Marcelo, Alan, Rafael Longuine (Rodrigo Pimpão) e Rafael Oller (Alemão); Paulo Sérgio (Gustavo Coutinho). Técnico: Leandro Niehues (interino).

Náutico: Anderson; Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Júnior Tavares; Matheus Trindade (Marciel), Rhaldney e Matheus Jesus (Jacob Murillo); Jailson (Djavan), Álvaro (Caio Dantas) e Vinícius. Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Estádio Germano Krüger. Árbitra: Edina Alves Batista (FIFA-SP). Assistente 1: Neuza Ines Back (FIFA-SP). Assistente 2: Leila Naiara Moreira da Cruz (FIFA-DF). Quarto árbitro: Gustavo Nogas (PR). VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA-SP).


Mais Lidas