COPA DO NORDESTE

Santa Cruz é eliminado para o Floresta nos pênaltis, fica de fora da Copa do Nordeste 2022, e termina temporada de forma catastrófica

Tricolor empatou no tempo normal por 3x3, mas, nas penalidades, acabou perdendo por 4x2 para o time cearense

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 19/10/2021 às 23:43
Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

Uma temporada catastrófica. Para findar um ano terrível e para se esquecer, o Santa Cruz acabou eliminado das Eliminatórias da Copa do Nordeste 2022. Após empatar no tempo normal em 3x3, o Tricolor perdeu para o Floresta na disputa de pênaltis por 4x2 (Pipico e Breno Calixto perderam suas cobranças).

> Com Santa Cruz eliminado, veja os clubes que seguem em busca por vaga na Copa do Nordeste 2022

Após a partida, lamentavelmente, alguns torcedores invadiram o gramado para agredirem os jogadores corais.

O JOGO

Em jogo importante para as pretensões financeiras para a temporada 2022, Santa Cruz e Floresta entraram em campo fazendo jus ao confronto decisivo pelas Eliminatórias da Copa do Nordeste. As duas equipes iniciaram a partida com um ritmo bastante intenso, principalmente os donos da casa.

Diante da torcida coral, a equipe tricolor começou o duelo com muita com muita intensidade e buscando tomar a iniciativa e encurralando o Floresta no campo defensivo... Tanto que em três minutos, Tarcísio e Frank já haviam chegado à meta cearense.

Aos 12 minutos, porém, um apagão coral. Após cobrança de escanteio, o Floresta afastou o perigo e, prontamente, puxou rápido contra-ataque... Aproveitando o clarão deixado pela zaga Tricolor. Eugênio partiu sozinho, entrou na área, mas na hora de finalizar, viu Jordan se agigantar para fazer importante defesa para salvar o Santa.

A resposta do Santa foi logo na sequência. Aos 14, Vitinho cruzou na medida pra Pipico subir e cabecear no alto, sendo que Douglas se esticou e mandou pra escanteio.

Entretanto, na segunda disputa entre o centroavante tricolor e o goleiro da equipe cearense, melhor para o camisa 9. Aos 21, Lelê apertou a marcação pelo lado direito, recuperou a bola e rolou para Vitinho finalizar de dentro da área... Douglas deu rebote, mas Pipico não perdoou e mandou pras redes: 1x0.

 

Sem se intimidar, o Floresta foi buscar o empate ainda no primeiro tempo. Aos 33, Paulo Vyctor tabelou com Eugênio e recebeu livre na diagonal esquerda da grande área, e tocou na saída de Jordan para empatar a partida: 1x1.

 

A equipe cearense não se mostrou satisfeita com o empate e foi em busca da virada. Aos 39, o lateral Fábio Alves cobrou falta na entrada da área, mandando chute com força, rasteiro, obrigando Jordan a espalmar para escanteio. Na cobrança do tiro esquinado, o goleiro tricolor saiu mal pelo alto, sem achar nada... E, pra sorte do Santa, o zagueiro Alisson cabeceou para fora.

Na reta final, o Santa Cruz quase marcou o segundo. Aos 43, Frank recebeu lançamento em profundidade, saiu livre pela esquerda e finalizou com precisão... Porém, a bola resvalou no ombro do goleiro Douglas e foi por cima do travessão. O juiz não viu e marcou apenas tiro de meta.

Sem Legenda
Pipico marcou o primeiro gol do Santa Cruz diante do Floresta
Bobby Fabisak/ JC Imagem

Os comandados de Leston Júnior voltaram com tudo para a etapa complementar. Logo aos 12 segundos, Tarcísio arrancou pela direita e achou Vitinho livre dentro da área e, mesmo cara a cara com Douglas, o volante coral finalizou no alto e o goleiro do Floresta espalmou para escanteio.

 

A blitz coral surtiu efeito. Aos seis, Leonan cobrou flata lateral, Breno Calixto subiu mais alto para testar forte, o goleiro Douglas deu rebote e Vitinho apareceu para empurrar de cabeça e desempatar a partida: 2x1.

 

O Tricolor do Arruda só não ampliou o marcador por conta da falta de pontaria de Pipico. Aos 12, o centroavante roubou a bola de Mailson e, em boas condições de finalização, acabou chutando cruzado para fora.

Com o placar favorável, o Santa pecou ao tentar administrar a partida e acabou sendo penalizado. Aos 35, Carlos Renato desceu pela direita e cruzou na segunda trave para Fábio Alves cabecear encobrindo Jordan para empatar: 2x2.

 

Apesar do golpe, a Cobra Coral foi letal para buscar a vantagem novamente. Aos 38, João Cardoso dominou pela direita e, cercado por dois marcadores, achou lindo passe para Eduardo receber livre e cruzar rasteiro para Pipico só empurrar a bola para as redes: 3x2.

 

Quando parecia que a classificação estava assegurada, a pancada. Aos 46, Daniel alça bola na área, Breno Calixto não afastou, Jordan também ficou pregado na barra e Mailson apareceu para empatar novamente: 3x3.

 

Com o resultado em igualdade, a decisão da vaga à terceira fase foi para os pênaltis. E, nas penalidades, o Santa Cruz levou a pior e perdeu por 4x2.

PENALIDADES

Santa Cruz - Pipico (X), Lelê (O), Leonan (O), Breno Calixto (X).

Floresta - Fábio Alves (O), Dudu (O), Daniel (O), Athyrson (O).

Ficha do jogo

SANTA CRUZ

Jordan; Lucas Rodrigues (Rafael Castro), Breno Calixto, William Alves e Leonan; Maycon Lucas, Vitinho (Caetano) e Tarcísio (João Cardoso); Lelê, Frank (Eduardo) e Pipico. Técnico: Leston Júnior.

FLORESTA

Douglas; Daniel, Mailson, Alisson e Fábio Alves; Jô, Thalisson e Renê (Wagner); Eugênio (Carlos Renato), Flávio Torres (Dudu) e Paulo Vyctor (Athyrson). Técnico (interino): Daniel Rocha.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).
Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro Filho (RN).
Assistentes: George Italo Antas Nogueira e João Henrique Queiroz da Silva (ambos do RN).
Gols: Pipico, aos 21; Paulo Vyctor, aos 33 do 1º Tempo.
Cartões amarelos: Pipico, Vitinho (STA) e Jô, Thalisson (FLO).

Mais Lidas