BRASILEIRÃO

Sport sai na frente, não suporta a pressão e perde para o Palmeiras na Allianz Parque

O Leão sofreu a virada para a equipe palmeirense e foi derrotado por 2x1, pela Série A

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 25/10/2021 às 23:26
Anderson Stevens/ Sport
FOTO: Anderson Stevens/ Sport
Leitura:

O Sport bem que tentou surpreender o Palmeiras. Fez um gol logo aos três minutos do primeiro tempo, mas não suportou a pressão palmeirense, acabou sofrendo a virada no final da partida e perdeu por 2x1, nesta segunda-feira (25), na Allianz Parque, pela 28ª rodada do Brasileirão. Leandro Barcia marcou para os rubro-negros, enquanto que Luiz Adriano e Felipe Melo garantiram a vitória alviverde.

A equipe leonina volta a campo na quinta-feira (28), quando encara o RB Bragantino, às 19h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em jogo antecipado válido pela 34ª rodada da Série A.

O JOGO

Apesar da diferença entre as duas equipes na tabela de classificação, o Sport entrou na Allianz Arena sem se intimidar com o poderoso Palmeiras. E logo aos três minutos já estava à frente do placar. Rafael Thyere fez boa interceptação no ataque de Dudu, roubando a bola e já acionando Zé Welison. O volante levantou a cabeça e colocou Luciano Juba para correr pela esquerda, que dominou e cruzou rasteiro para Leandro Barcia chegar finalizando para o gol: 0x1.

 

Após o golpe sofrido, o Palmeiras se lançou ao ataque e promoveu uma verdadeira blitz no sistema defensivo leonino. Encurralando a equipe pernambucana, que se fechava como podia para não sofrer o gol de empate.

Aos 16, Danilo acionou Rony que pediu e recebeu pela direita, entrou na área e chutou cruzado, rasteiro, mas antes de Luiz Adriano empurrar para as redes, Rafael Thyere chegou cortando no carrinho e salvando o Leão.

O ímpeto alviverde era intenso. E quase o empate saiu em uma bobeada do Sport. Aos 22, Chico tentou sair jogando pela esquerda, mas voltou o jogo com Sabino, que escorregou e deixou a bola para Luiz Adriano... Ele partiu em disparada, entrou na área e chutou cruzado, rasteiro, obrigando Maílson a espalmar com uma das mãos, salvando a equipe leonina.

Os donos da casa seguiram insistindo. Aos 35, Rony recebeu pela esquerda, driblou Paulinho Moccelin cortando para o meio e soltou uma bomba, rasteira... A bola passou rente a trave esquerda de Maílson e saiu pela linha de fundo.

Aos 42, Marcos Rocha tabelou com Felipe Melo, foi à linha de fundo e cruzou na primeira trave... Rony desviou para trás e Piquerez emendou um chute de primeira, mas viu Rafael Thyere salvar o Sport mais uma vez e evitar o gol palmeirense.

Gustavo encontrou bastante dificuldade para armar as jogadas do Sport
Gustavo encontrou bastante dificuldade para armar as jogadas do Sport
Anderson Stevens/ Sport

Na volta da etapa complementar, a pressão palmeirense persistiu. E não demorou muito pra conseguir o empate. Aos sete, Gustavo Scarpa cobra escanteio, Maílson ameaça sair do gol, mas fica no meio do caminho, a zaga não afastou o perigo e a bola acabou batendo em Luiz Adriano e foi para a meta rubro-negra: 1x1.

Com o gol marcado, o time alviverde se encorajou ainda mais e Maílson passou a ser o grande personagem da partida. O camisa 1 parou Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, mas o grande embate foi com o zagueiro Gustavo Gómez. Aos 26, Scarpa cobrou escanteio na cabeça do paraguaio, que testou no cantinho, mas Maílson foi buscar e espalmou para escanteio. Na cobrança rápida, Dudu recebeu passe e alçou novamente para Gómez testar e, mais uma vez, ver o arqueiro leonino se esticar todo para impedir o gol.

Diante de tanto insistir, o Palmeiras conseguiu a virada. Aos 35, Gustavo Scarpa cobrou escanteio na primeira trave, Willian desviou de cabeça e Felipe Melo chegou para complementar a jogada e marcar o gol: 2x1.

 

Mesmo atrás do placar, o Sport não mudou de postura e se manteve recuado, com o placar sendo mantido até o apito final.

Ficha do jogo

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Danilo (Gustavo Scarpa) e Raphael Veiga (Patrick de Paula); Dudu (Danilo Barbosa), Rony (Willian) e Luiz Adriano (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

SPORT

Mailson; Ewerthon (Cristiano), Rafael Thyere, Sabino e Chico; Marcão, Zé Welison e Gustavo (Hayner); Luciano Juba, Leandro Barcia (Paulinho Moccelin) e Mikael (Tréllez). Técnico: Gustavo Florentín.

Local: na Allianz Parque, em São Paulo (SP).
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Assistentes: Michael Correia e Luiz Claudio Regazone (ambos do RJ).
Gols: Leandro Barcia, aos três, do 1º Tempo. Luiz Adriano, aos sete; e Felipe Melo, aos 35, do 2º Tempo.
Cartões amarelos: Gustavo Gómez (PAL) e Marcão, Sabino, Zé Welison (SPO).

Mais Lidas