DECLARAÇÃO

Flávio Bolsonaro sai em defesa do jogador de vôlei Maurício Souza, demitido após post homofóbico

O senador do partido Patriota usou suas redes sociais para defender o atleta

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/10/2021 às 19:46
Reprodução/ @mauriciovolei1
FOTO: Reprodução/ @mauriciovolei1
Leitura:

Demitido do Minas Tênis Clube, nesta quarta-feira (27), após postagens homofóbicas em sua conta em uma rede social, o jogador de vôlei Maurício Souza recebeu apoio do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). Através do seu perfil no Instagram, o filho 01 do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) saiu em defesa do central, que disputou as Olimpíadas pela seleção brasileira.

"Meu apoio ao jogador de vôlei @mauriciosouza17, que foi afastado do seu time apenas por exercer o direito à liberdade de expressão. A opinião em questão do jogador é em defesa da família e para proteção das nossas crianças, nada tem a ver com homofobia. Se falasse mal do Bolsonaro seria promovido?", escreveu Flávio Bolsonaro, antes do anúncio da demissão de Maurício Souza.

Após a confirmação do desligamento do jogador com o Minas Tênis Clube, o senador voltou a utilizar as redes sociais para se solidarizar com o Maurício Souza. "Toda minha solidariedade a você, guerreiro @mauriciosouza17! Se Deus quiser em breve estará feliz num time que te mereça, respeite suas opiniões e valorize o seu talento, que é o que importa!" postou Flávio Bolsonaro.

ENTENDA O CASO

Após a editora DC Comics anunciar que o novo Super-Man, filho Clark Kent, vai se descobrir bissexual nas edições seguintes das histórias em quadrinhos, Maurício Souza fez um post na sua conta pessoal no Instagram com teor homofóbico. "Ah é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar..."

A postagem repercutiu bastante. O Minas Tênis Clube chegou a afastar o atleta por tempo indeterminado, aplicou uma multa e foi orientado a fazer uma retratação pública. Porém, nesta quarta-feira (27), após pressão dos patrocinadores, que não queriam suas marcas atreladas a um atleta que publica falas homofóbicas, Maurício Souza acabou sendo desligado do clube.

 

Mais Lidas