BRASILEIRÃO

Sport perde para o RB Bragantino, chega a quatro jogos sem vitórias e se complica na Série A


Time leonino perdeu por 3x0 para a equipe de Bragança Paulista e segue na zona do rebaixamento

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 28/10/2021 às 20:51
Anderson Stevens/ Sport
FOTO: Anderson Stevens/ Sport
Leitura:

O Sport não conseguiu quebrar a sequência negativa e chegou ao quarto jogo sem vitórias (três derrotas e um empate). Desta vez, os rubro-negros foram derrotador para o RB Bragantino, nesta quinta-feira (28), por 3x0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em jogo antecipado válido pela 34ª rodada da Série A. Os gols da partida foram marcados por Ytalo, Chico (contra) e Cuello. O Leão segue na zona do rebaixamento, 18º, com 27 pontos, mas três jogos a mais que o Grêmio (19º, com 26).

A equipe leonina volta a campo no próximo domingo (31), quando encara o Atlético-GO, às 20h30, na Arena de Pernambuco, pela 29ª rodada do Brasileirão.

O JOGO

Precisando do resultado para seguir sonhando em se livrar do rebaixamento, o Sport não teve nem tempo de respirar diante do RB Bragantino. Logo aos dois minutos, Arthur cobrou escanteio na segunda trave, Ytalo encontrou liberdade para cabecear, Rafael Thyere até tentou evitar o gol em cima da linha, mas a bola acabou entrando: 1x0.

O Leão procurou não de abater com o gol sofrido e, aos oito, tentou dar uma resposta ofensiva. Sander lançou Mikael pela direita e, ao ver que estava cercado, abriu na esquerda para Gustavo entrar livre na área e chutar rasteiro, mas Cleiton espalmou para escanteio.

Os rubro-negros encontravam dificuldades para penetrarem na zaga do Bragantino. Mas, aos 23, Everton Felipe desceu pela direita e virou o jogo para a esquerda buscando Sander. O lateral dominou e já tocou para Luciano Juba ajeitar dentro de área e finalizar cruzado... Mas o arremate não saiu com tanta precisão e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Com a vantagem no placar, o RB Bragantino controlava o jogo ao seu ritmo. Mas quando resolvia chegar ao ataque, levava perigo à meta de Maílson. Aos 34, Arthur recebe passe de Ytalo pela direita, vai à linha de fundo e cruza rasteiro... A bola acabou indo com muita força e Gabriel Novaes não conseguiu empurrar para a rede, deixando-a passar.

A garotada do Sport tentava reagir como podia. Aos 37, Gustavo fez bonita jogada pelo meio, se livrando de dois marcadores e colocou Luciano Juba para correr pela esquerda... O lateral levantou a cabeça e cruzou para Mikael aparecer por trás dos marcadores e acertar um chute de primeira, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

Nos acréscimos, aos 45, o argentino Cuello recebeu pela esquerda, driblou Ewerthon cortando para o meio e disparou um chute colocado, buscando o ângulo, porém Maílson saltou para espalmar para o lado e salvar o Sport.

 

Quando a fase não é boa, nada ajuda. Logo na volta da etapa complementar, o Leão acabou levando o segundo gol e de forma desastrosa. Aos quatro, Arthur cobrou escanteio, a bola ficou viva dentro da área e, depois de um bate rebate, Luciano Juba tentou afastar o perigo e acabou chutando em cima de Chico... A bola bateu no zagueiro e foi direto para o gol, sem chances para Maílson: 2x0.

Ainda buscando ao menos o empate, o Sport por pouco não diminuiu o placar. Aos 25, Sander desceu com ímpeto pela esquerda e cruzou com capricho para Zé Welison finalizar de primeira, mas em cima do goleiro Cleiton... No rebote, Ewerthon tentou o arremate, sendo que a bola desviou na zaga do Bragantino e saiu para escanteio.

Mesmo o time pernambucano insistindo, foram os donos da casa que ampliaram o placar. Aos 41, Alerrandro acionou o argentino Cuello, que driblou a marcação, tabelou com Arthur e recebeu dentro da área para finalizar entre as pernas de Maílson: 3x0.

O Sport não conseguiu reagir e chegou há quatro jogos sem vitórias na Série A.

Ficha do jogo

RB BRAGANTINO

Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom (Luciano), Eric Ramires (Emiliano Martínez) e Artur; Gabriel Novaes (Alerrandro), Ytalo (Hurtado) e Cuello (Bruninho). Técnico: Maurício Barbieri.

SPORT

Maílson; Ewerthon (Hayner), Rafael Thyere, Chico e Sander; Ronaldo Henrique (Hernanes), Zé Welison e Gustavo; Everton Felipe (Cristiano), Luciano Juba (Paulinho Moccelin) e Mikael (Flavio). Técnico: Gustavo Florentín.

Local: estádio Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP).
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ).
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ).
Gols: Ytalo, aos dois do 1º Tempo. Chico, contra, aos quatro, e Cuello, aos 41 do 2º Tempo.
Cartões amarelos: Arthur, Edimar, Fabrício Bruno (BRA) e Ronaldo Henrique, Sander, Gustavo, Mikael, Hernanes (SPO).


Mais Lidas