HERANÇA

Após um ano da morte de Maradona, briga por herança 'incalculável' se arrasta; veja o que se sabe da fortuna deixada

O ex-craque argentino teve cinco filhos registrados, mas duas mulheres alegam ser filhas de El Pibe

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 25/11/2021 às 16:48
Notícia
Reprodução/Twitter
Maradona se recupera - FOTO: Reprodução/Twitter
Leitura:

Há exato um ano, o mundo perdia um dos maiores jogadores da história do futebol: Diego Armando Maradona. O craque argentino, que defendeu o Boca Juniors, Napoli, Barcelona e foi campeão da Copa do Mundo de 1986 pela seleção argentina, morreu no dia 25 de novembro de 2020, aos 60 anos.

Desde a morte de Maradona, os seus herdeiros seguem aguardando as decisões judiciais quanto à partilha de bens. Ao todo, o ex-meia argentino teve cinco filhos registrados oficialmente, três mulheres: Gianinna, Dalma e Jana; além de dois homens: Diego Junior e Dieguito Fernando.

.

Entretanto, outras duas mulheres (Eugenia Laprovittola e Magalí Gil) alegam ser filhas de Maradona e farão testes de DNA em dezembro para a confirmação ou não do parentesco com o El Pibe - os exames serão feitos devido a amostras de sangue recolhidas na época.

HERANÇA

De acordo com a imprensa argentina, a fortuna de Diego Maradona não foi calculada por completo. Até o momento, o que se sabe é que ele tinha uma quantia significativa em dinheiro depositada em contas na Suíça e em Dubai. Valor este que é estimado em torno de cinco a seis milhões de dólares, ou seja, aproximadamente R$ 25 e R$ 30 milhões.

Além desses valores, Don Diego ainda teria bens espalhados por 12 países e que os valores ainda não foram mensurados. Porém, o que é certo é que no próximo dia 19 de dezembro, alguns itens da sua fortuna, como dois imóveis (na Argentina), dois carros da marca alemã BMW e um da Hyundai, irão à leilão para quitar débitos com impostos.

Comentários

Mais Lidas