Estupro

Jogador Robinho deve ser preso imediatamente por estupro, decide Justiça italiana


Jogador foi condenado a nove anos de prisão

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 19/01/2022 às 12:20
Notícia
DIVULGAÇÃO/SANTOS
Última instância da Justiça italiana condenou Robinho - FOTO: DIVULGAÇÃO/SANTOS
Leitura:

O jogador de futebol Robinho deve ser preso, decidiu a Justiça italiana. A decisão foi proferida na manhã desta quarta-feira (19). A defesa do atacante não poderá mais recorrer, já que esta foi uma decisão definitiva da mais alta corte de Justiça da Itália.

Condenação de Robinho

Robinho foi condenado por estupro contra uma mulher albanesa em uma boate da cidade de Milão, em 2013. Além de Robinho, Ricardo Falco, um amigo do atacante, também deve ser preso, pede a Itália. 

Na decisão, a Corte de Cassação de Roma, decidiu que o cumprimento da pena deve ser imediata. Ou seja, Robinho pode ser preso o mais breve possível, no que depender da Justiça italiana.

Ocorre que o jogador está no Brasil. Com a decisão, explica apuração do portal UOL, a Justiça italiana pode pedir a extradição dos condenados para que eles cumpram as prisões na Itália. 

No entanto, isso dificilmente acontecerá, já que a Constituição brasileira impede a extradição de brasileiros. 

A Justiça italiana deve pedir, agora, à Justiça brasileira que Robinho cumpra a pena em um presídio aqui do Brasil e espere que o Superior Tribunal de Justiça homologue a decisão internacional. 

Segundo a Procuradoria Geral da República, não há prazo para que isso aconteça. 

 

Comentários


Mais Lidas