NEYMAR NO PSG

Neymar se envolve em nova confusão pelo PSG e jornais franceses pedem venda do brasileiro; confira

Além de contribuir com vitória do PSG diante do Olympique de Marselha, Neymar acabou se envolvendo em mais uma confusão com a camisa do clube francês

Gabriel Neukranz
Gabriel Neukranz
Publicado em 18/04/2022 às 10:48 | Atualizado em 18/04/2022 às 10:52
AFP
Neymar é atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO: AFP
Leitura:

Neymar foi autor de um dos gols da vitória do PSG diante do Olympique de Marselha, por 2x1, neste domingo (17). Além de contribuir com o triunfo, o craque acabou se envolvendo em mais uma confusão com a camisa do PSG.

O conflito teve como princípio uma disputa de bola entre Neymar e o volante Guendouzi, do Marselha, que alegou ter sofrido falta do brasileiro e permaneceu no gramado, pedindo a marcação da infração. A reação do francês irritou Neymar, que partiu para cima do adversário e precisou ser contido pelo árbitro, que lhe mostrou o cartão amarelo.

Em vídeo, é possível perceber que Neymar sequer encosta em Guendouzi no lance. 

Repercussão de Neymar na mídia francesa

Após a nova confusão protagonizada por Neymar pelo PSG, o jornal Le Parisien afirmou que o Paris Saint-Germain deveria vender o brasileiro e focar em convencer Mbappé a permanecer no clube. A grande jogada estaria no valor obtido com a venda de Neymar e com a subida do camisa 7 na hierarquia parisiense.

"É claro que Kylian gosta de jogar com Neymar. Mas a questão é outra. É sobre jogo e 'política'. Para colocar Mbappé no centro de seu projeto esportivo e econômico, o PSG precisa abrir espaço. Em sua: só pode existir um 'chefão' no time, e, enquanto o brasileiro estiver em Paris, ele terá o maior salário, baterá os pênaltis e jogará na ponta esquerda do esquema 4-3-3", analisou.

"Vendendo Neymar, e com o contrato de Messi entrando em seu ano final, o PSG finalmente abriria suas paredes para dar a Mbappé o espaço que ele realmente merece, e dando a ele também um salário compatível", explicou.

Saiba onde assistir aos jogos da Copa Libertadores

"Depois disso, Mbappé poderia liderar o ataque em um esquema 3-5-2, ou jogar pelo lado esquerdo o 4-3-3, que é de fato sua posição preferida em campo. Ele passaria a bater os pênaltis, algo que o atacante ainda precisa melhorar. Seu número de gols e assistências na temporada certamente explodiria, e ele poderia certamente fazer de 50 a 60 gols por temporada", projetou o jornal.

Como alternativa após a venda de Neymar, o Le Parisien sugeriu a contratação de mais duas estrelas para o elenco do PSG. No caso, a de um meio-campista e um atacante para repor a saída do brasileiro.

Para o meio-campo, o jornal indica os franceses Paul Pogba, antigo desejo do PSG e atualmente no Manchester United, ou Aurélien Tchouaméni, do Monaco.

Já para substituir Neymar, o nome sugerido foi o de Ousmane Dembélé, que possui situação indefinida para renovar seu contrato no Barcelona. Segundo o veículo, "Dembélé serviria perfeitamente para formar um tridente com Mbappé e Messi, que, no papel, não é nada pior que com Neymar e/ou Di María".

Lucas Paquetá se veste de Homem-Aranha e faz surpresa para filho

 

AFP
Neymar, atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO:AFP
AFP
Neymar, atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO:AFP
AFP
Neymar, atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO:AFP
AFP
Neymar, atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO:AFP
AFP
Neymar, atacante do PSG e da Seleção Brasileira - FOTO:AFP

Mais Lidas