LUVA DE PEDREIRO

LUVA DE PEDREIRO: Allan Jesus afirma que Luva tinha 2 milhões a receber; entenda

Ex-empresário apresentou sua versão da história

Fernanda Soares
Fernanda Soares
Publicado em 11/07/2022 às 7:48 | Atualizado em 11/07/2022 às 9:27
REPRODUÇÃO
Allan Jesus é ex-empresário de Luva de Pedreiro - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Em entrevista ao programa Câmera Record, Allan Jesus, ex-empresário de Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, mostrou documentos auditados que demonstram valores que ainda seriam pagos a Luva. O valor ultrapassa os R$ 2 milhões.

Inicialmente, após uma liminar conseguida por Allan Jesus na Justiça, o programa de Roberto Cabrini ficou impedido de exibir a entrevista semana passada, mas a emissora conseguiu autorização judicial para exibir a reportagem, uma semana depois.

 

"Nunca roubei um real dele. Eu criei o projeto com ele, a gente trabalha junto há 4 meses, a gente desejou o sucesso, mas eu não ia colocar 15 anos de trabalho por 4 meses. A gente vai receber ainda [o dinheiro a receber previsto na auditoria], eu não recebi ainda. Vamos receber à partir de julho. São marcas globais, eu acho que a gente foi muito bem, somos uma marca muito forte no Brasil, mas ainda vamos receber", afirmou Allan Jesus.

Luva de Pedreiro diz que Allan o proibia de sair

Na reportagem, Luva afirmou que era proibido de ir jogar bola com os amigos pelo ex-empresário, e também o acusou de se aproveitar de sua ingenuidade para enganá-lo.

Allan negou tudo: "Nunca aprisionei o Iran, como pode se ele estava na Bahia com a família dele. Ele sempre pôde fazer o que quis. Nunca mandei nada. O que existia eram orientações para uma pessoa pública. Nunca me aproveitei da ingenuidade dele", comentou Allan.

Entenda motivo polêmico por trás da pausa do luva de pedreiro

Mais Lidas