search close
Sport

Sport apresenta segundo reforço para a temporada 2019

Alisson Farias tem 22 anos e chega por empréstimo do Internacional até o fim do ano

Alisson foi apresentado pelo diretor de futebol leonino Chico Guerra.
Alisson foi apresentado pelo diretor de futebol leonino Chico Guerra.
Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O Sport apresentou oficialmente o segundo reforço para a temporada de 2019. Em entrevista coletiva, na tarde desta quinta-feira (10), no CT no CT José de Andrade Médici, o meio-campista de 22 anos falou como jogador leonino pela primeira vez.  O atleta vem por empréstimo do Internacional até o fim de 2019. Ano passado, atuou pelo Coritiba, onde participou de 17 partidas e marcou dois gols. Ele disse que logo aceitou a proposta do rubro-negro por se tratar de um grande clube.

"Aqui é um grande clube, uma torcida enorme, um clube campeão brasileiro, campeão da Copa do Brasil, não tem o que falar, quando surge a oportunidade de ir para o Sport não pode pensar. É um grande clube, uma grande vitrine, e espero fazer um grande ano aqui e dar alegria ao torcedor”, afirmou.

Referências

Alisson é cria da base do Internacional e revelou inspiração no meia Lucas Lima, que passou no time leonino em 2013. “No Inter, quando eu estava no sub 17, ele (Lucas Lima) estava treinando no sub-23, é um grande jogador, espero seguir os passos dele aqui, sei que fez um grande trabalho, espero fazer o meu também e dar grandes alegrias ao torcedor rubro-negro". 

Além disso, alguns atletas com passagens no Leão deram referências sobre o clube e a cidade do Recife. “Eu tenho amizade com todos que estavam aqui do Internacional. Falei bastante com o Anselmo, ele me deu bons conselhos. Também falei com o Ortiz, Andrigo, e um pouco com o Jair. Falaram que é um grande clube, uma cidade boa, e é isso que eu vejo e espero dar muitas alegrias, disse o jogador.

Características

Durante a apresentação, o atleta informou qual o posicionamento que gosta de jogar. No entanto, se colocou a disposição para fazer a função que o técnico Milton Cruz achar melhor. “Eu gosto mais de jogar na ponta esquerda, mas também jogo de meia e de ponta direita. Mas a minha especialidade é no lado esquerdo. Se o professor optar pelo meio ou pela direita eu vou está preparado para ajudar. Eu estou com um pensamento positivo para fazer um grande ano”, concluiu.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.