search close
Copa do Brasil

"Não adianta jogar pelo empate", afirma Danny Morais sobre a Copa do Brasil

Em pouco menos de um mês, o clube encara a terceira competição. Dessa vez, joga pela Copa do Brasil, em jogo que vale R$ 625 mil para os cofres corais.

Robert Sarmento
Elenco realizou o treino em solo pernambucano, no CT Ninho das Cobras, na manhã de hoje.
Elenco realizou o treino em solo pernambucano, no CT Ninho das Cobras, na manhã de hoje.
João Victor Amorim/Rádio Jornal

O Santa Cruz estreia na Copa do Brasil, nesta quinta-feira, às 21h30, horário de Recife, diante do Sinop-MT, na cidade homônima. Avançando, o clube coral embolsa R$ 625 mil, além dos R$ 525 mil já adquiridos pela participação. Nesta primeira fase, o visitante, no caso o time pernambucano, consegue a classificação com a vitória e com o empate, pois só acontece o jogo dia.

"A gente tem que ter muita atenção, mas não adianta jogar pelo empate. Temos que escolher a melhor estratégia e isso a gente vai ver ao longo da semana. Mas eu acredito que só ficar se defendendo não é legal", afirmou o zagueiro Danny Morais.

Desgaste da viagem

A delegação tricolor viaja amanhã, às 05h00, e faz uma conexão em Brasília antes de chegar em Cuiabá. Os jogadores treinam capital mato-grossense e a ida, com destino como a Sinop, acontece na quarta-feira, onde vão treinar no estádio Gigante do Norte, local do jogo. Ao todo, são mais de 3.700 km de viagem. Deslocamento que não dá vantagem para o adversário, segundo o capitão do Santa Cruz, Danny Morais.

"Estamos acostumado com isso. Temos viajado bastante. É desgastante, mas não podemos nos apegar a isso. O grupo está preparado (para a partida). Foi demonstrado isso contra o Petrolina (no qual todo o time titular foi poupado e saiu com a vitória por 2 a 1). E quem estiver em melhores condições vai jogar. É um jogo muito importante", afirmou.

Mais informações com o repórter João Victor Amorim


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.