play_circle_outline
Movimento

Marcelo Araújo

access_time

00:00

Madrugada Comando Geral

Tony Araújo

access_time

01:00

Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

play_circle_outline
Movimento

Marcelo Araújo

access_time

00:00

Madrugada Comando Geral

Tony Araújo

access_time

01:00

Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

search close
Escrete de Ouro

Comentaristas do Escrete de Ouro avaliam punição ao atacante Pipico

Com a punição, Pipico corre o risco de não jogar mais no Campeonato Pernambucano deste ano.

Robert Sarmento
Pipico
Pipico é o artilheiro do Santa Cruz na temporada com seis gols na temporada.
Bobby Fabisak/JC Imagem

A punição do atacante Pipico imposta pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE),  gera um problema para o técnico Leston Júnior. O julgamento realizado ontem a noite (12) puniu o atleta do Santa Cruz com quatro jogos pela expulsão diante do Petrolina, pela 4ª rodada do Estadual. Como já cumpriu a suspensão automática, o artilheiro do tricolor vai ficar fora do time por mais três partidas e só deve voltar a jogar no Campeonato Pernambucano, caso o clube avance para a semi-final, pois só restam dois jogos para o fim da primeira fase e o confronto nas quartas de final é em partida única. 

Reversão

No julgamento em primeira instância (à revelia), o jogador tinha sido punido com seis jogos de suspensão e, apesar do TJD-PE baixar a pena, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, que acompanhou o julgamento, informou, em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, que o clube tentará reverter a situação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no Rio de Janeiro. Pipico continuou condenado pelo artigo 254, que fala em praticar agressão física. 


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.