Santa Cruz vence segunda partida seguida e entre no G-4 da Série C

Com gol solitário de Dudu, ainda no primeiro tempo, e um pênalti perdido pelo Imperatriz, o Tricolor conseguiu mais três pontos na Série C

VITóRIA
Santa Cruz vence segunda partida seguida e entre no G-4 da Série C

Com a vitória, o Santa Cruz entrou no G-4 da Série C pela primeira vez. - Foto: Reprodução/Rádio Jornal

Klisman Gama | Com informações do JC Online

Dois jogos com Milton Mendes, duas vitórias corais. Ambos vencidos na raça. Mesmo mostrando defeitos, o resultado veio. O Santa Cruz emenda outro triunfo, ao bater o Imperatriz-MA no estádio Frei Epifânio por 1 a 0, e assume a quarta colocação no Grupo A da Série C. Em noite muito inspirada do goleiro Anderson, que garantiu o placar, há mais que se observar os problemas apresentados para que não se repitam em casa, contra o Confiança, no dia 9 de junho, às 18h, no Arruda.

Ouça o gol na voz de Aroldo Costa

Escute também o pênalti desperdiçado pelo Imperatriz-MA

O jogo

O primeiro tempo teve um início brigado, sem grandes chances. O Tricolor pecava bastante na saída de bola e o Imperatriz apostava muito na ligação direta. Conforme o tempo foi passando, as equipes deram brechas na intermediária e ambas arriscaram chutes nessa faixa do campo. Porém, quem teve felicidade foi o Santa Cruz. Aos 23 minutos, Dudu arriscou de fora da área e marcou um golaço. A bola morreu no ângulo esquerdo do goleiro Jean.

Depois disso, o Cavalo de Aço passou a tomar as rédeas da partida. O Mais Querido se precaveu e baixou as linhas. Aos 32, a primeira boa chance dos donos da casa. Após cruzamento, o atacante Júnior Chicão escorou e Anderson fez grande defesa com a perna. A pressão seguiu e o Santa fez muitas faltas na entrada da área. Assim, outra oportunidade surgiu. O meia Daniel Barros - um dos mais caçados em campo -, cobrou bem e o goleiro coral salvou outra vez.

Segundo tempo

Os maranhenses buscaram o empate desde o começo da etapa final. Logo aos cinco minutos, o atacante Adauto chegou antes de Anderson na bola e quase marcou de cabeça. A pressão do Imperatriz seguiu, principalmente com as bolas alçadas para a área. Os dois laterais - Jonas e Renan Luis - apoiavam bastante e tentavam o cruzamento a todo momento.

Aos 36, Anderson salvou o Santa Cruz outra vez. Em um chute de Gabriel Caju de fora da área, o goleiro coral espalmou para escanteio. Aos 38, outra defesa importante. Lucas Campos tentou cruzar e mandou a bola direto para a barra. O arqueiro estava adiantado e conseguiu se recuperar, colocando para tiro de canto. Melhor em campo, o camisa 1 falhou aos 43, cometendo pênalti em Matheus Lima. Porém, a sorte estava com a Cobra Coral. Adauto isolou e a vitória ficou com o Santa Cruz.

Ficha do jogo

Imperatriz-MA: Jean; Jonas, Gustavo Henrique, Renan Dutra e Renan Luis; Xaves, Tibiri (Gabriel Caju) e Daniel Barros; Lucas Campos, Adauto e Júnior Chicão (Val Barreto) (Matheus Lima). Técnico: Paulinho Kobayashi.

Santa Cruz: Anderson; Marcos Martins, João Victor, William (Vitão) e Bruno Ré; Charles, Allan Dias e Dudu (Elias); Misael, Everton (Marcelo Mattos) e Pipico. Técnico: Milton Mendes.

Gol: Dudu, aos 23’ do 1ºT (S) Cartões amarelos: Anderson, Cesinha, William, Misael (S) e Daniel Barros (I). Árbitro: Wasley do Couto Leão (PA). Assistentes: Heronildo Sebastião Freitas da Silva e Jose Ricardo Guimarães Coimbra (ambos do PA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.