Guto Ferreira elogia atuação do Sport e reclama da arbitragem

O treinador do Sport ainda avaliou que equipe deve ainda buscar mais vitórias fora de casa para compensar tropeços na Ilha do Retiro

ARBITRAGEM
Guto Ferreira elogia atuação do Sport e reclama da arbitragem

“Não era o resultado que a gente veio buscar", comentou o comandante. - Foto: Foto: Anderson Stevens/Sport

Com informações do Blog do Torcedor

O técnico Guto Ferreira lamentou o empate do Sport em 2 a 2 contra o São Bento-SP em Sorocaba. Tendo dominado a partida e criado chances para marcar mais gols, o Leão sofreu o segundo gol no fim da etapa complementar e foi também prejudicado pela arbitragem. O treinador reconhece que o time poderia ter feito mais, mas também reclamou da não marcação do pênalti em cima de Ezequiel, ainda no começo do primeiro tempo.

“No começo estava tava 0 a 0, fazíamos 1 a 0 tínhamos um tipo de controle sobre o jogo e ele não marcou. Aí o (pênalti) mal marcado a favor deles. Tivemos força e de ir buscar o resultado, conseguimos o empate no apagar das luzes. No segundo tempo corrigimos algumas situações, voltamos muito bem e tomamos conta do jogo. Tivemos chances, mas numa felicidade do Vinícius Kiss, sofremos o empate. Num erro de posicionamento nosso no rebote o meio ficou aberto, os volantes não tiveram tempo de encurtar o espaço, ele foi feliz em pegar um belo chute de fora e empatar o jogo. Mas ainda assim tivemos duas chances de marcar, como naquela do Guilherme no final, em que a bola deu um pulo e acabou batendo por cima do gol” comentou Guto Ferreira.

Dos males, o menor

O empate deixou o Sport momentaneamente na quarta posição da Série B. Contudo, a depender de uma combinação de resultados, o Leão pode ainda acabar na oitava posição. Mas, mesmo assim, o ponto conquistado fora de casa não foi o pior dos cenários, já que o técnico considera que foi possível recuperar tropeços que teve na Ilha do Retiro. E também projeta mais vitórias fora dos seus domínios.

“Não era o resultado que a gente veio buscar. O Sport sempre joga para ganhar. Na saída do Yago, botei outro atacante, porque acreditei em buscar a vitória e tomamos conta. Fizemos uma pressão grande no final. Um ponto não era o que a gente queria, mas é importante se a gente seguir. O que nós temos é que ganhar algumas fora. Recuperamos já um, mas temos que ganhar pelo menos mais duas para compensar dois empates em casa. Se ganhar dentro e empatar fora, fatalmente, vamos atingir o acesso e brigar pelo título. Nós estamos bem próximos desse objetivo. Hoje o empate não é um mau resultado”, encerrou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.