play_circle_outline
O Assunto é Futebol - 2° Tempo

Maciel Júnior

access_time

14:00

Rádio Livre

Anne Barreto e Rhaldney Santos

access_time

16:00

Balanço de Notícias

Wagner Gomes e Igor Maciel

play_circle_outline
O Assunto é Futebol - 2° Tempo

Maciel Júnior

access_time

14:00

Rádio Livre

Anne Barreto e Rhaldney Santos

access_time

16:00

Balanço de Notícias

Wagner Gomes e Igor Maciel

search close
Série C

Rafael Oliveira decide e o Náutico entra no G-4 ao vencer o Treze-PB

O gol solitário do atacante foi suficiente para a vitória alvirrubra dentro dos Aflitos

Robert Sarmento
Rafael Oliveira comemora gol que garantiu a vitória do Náutico.
Rafael Oliveira comemora gol que garantiu a vitória do Náutico.
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe

O Náutico bateu o Treze-PB por um a zero, na noite deste domingo (21), nos Aflitos, e entrou no G-4 do grupo A da Série C, com 21 pontos, e abriu três do quinto colocado, que é o Imperatriz-MA. O gol que tirou a tensão dos pernambucanos na partida foi marcado aos 34 minutos do segundo tempo por Rafael Oliveira, de cabeça. A próxima partida do Timbu é diante do líder Confiança, também com o mando de campo alvirrubro.

Ouça o gol na voz de Aroldo Costa

 O jogo

Assim que o árbitro apitou o inicio de jogo, o Náutico mostrou que aproveitar o ímpeto da torcida e, com menos de um minuto, Jefferson Nem bateu cruzado para a boa defesa do goleiro do Treze-PB. No entanto, os lances seguintes da partida foram 'feios'. Os jogadores estavam entrando forte nas jogadas e cometendo duras faltas, que resultavam em cartões amarelos. O time paraibano chegou com perigo somente aos 17 minutos, após uma cobrança de escanteio, em que o atacante Eduardo estava desequilibrado no momento do desvio.

O primeiro tempo passava e o confronto, tecnicamente, era ruim. Poucas jogadas pelos lados e quando usavam a parte central do campo erravam os passes diante da proximidade da marcação. Já as finalizações eram raras.Na reta final, o Timbu conseguiu voltar a assustar. Primeiro, aos 34 minutos, Thiago bateu de pé esquerdo e bola passou perto do gol. Depois, Jefferson Nem, em dois momentos, ficou frente a frente com o gol e, novamente, não aproveitou as chances.

Segundo tempo

A segunda etapa começou da mesma forma. Com o alvirrubro avançando as linhas de marcação e, conforme, os minutos avançavam o ritmo da partida diminuía e os erros de passe continuavam. Com 12 minutos, o técnico Gilmar Dall Pozzo promoveu a estreia de Jean Carlos. O meia no primeiro toque na bola arriscou de levou perigo. Mas o time só 'acordou' por volta da metade da segunda etapa. A principal chance foi na tentativa de Willian Simões, em que o zagueiro do Galo da Borborema salvou quase em cima da linha. O Náutico iniciava uma pressão e o Treze-PB queria o contra-ataque.

A estrela do treinador alvirrubro brilhou quando colocou Rafael Oliveira em campo. Na primeira tentativa, ele apareceu livre e tocou de cabeça para o fundo das redes. Um a zero para aliviar a tensão. Com a vantagem no placar, os pernambucanos deixaram o Treze-PB com a posse de bola até a linha central do campo. Ainda deu tempo de Thiago perder mais uma chance. Só que o resultado já era suficiente para comemorar a vaga no G-4 da Série C.

 


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.