Luciano Sorriso avalia empréstimo de jogadores do Santa Cruz

O tricolor está renovando com alguns atletas e os emprestando para aliviar a folha de pagamento

SANTA CRUZ
Luciano Sorriso avalia empréstimo de jogadores do Santa Cruz

Zagueiro João Victor foi uma das gratas surpresas reveladas pelo Tricolor. - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Klisman Gama

Na busca de manter uma espinha dorsal para a próxima temporada e dar maior rodagem a seus jogadores, o Santa Cruz tem negociado a extensão contratual de alguns nomes e os emprestado para outros clubes. Dois casos  tiveram uma maior regularidade não só em desempenho, mas também em número de jogos disputados ao longo de 2019. Um deles foi o zagueiro João Victor. Prata da casa, ele teve suas primeiras oportunidades na equipe principal neste ano e já vinha chamando a atenção da diretoria há mais tempo.

“O João Victor foi um dos grandes destaques. Desde a minha chegada aqui, inclusive o que aconteceu antes dele jogar, procurei dar uma atenção maior ao atleta, um aumento de salário, também dar responsabilidade para ele, e ele conseguiu dar uma resposta muito boa. Conseguimos a renovação com o atleta e temos uma projeção muito grande para ele no clube”, comentou o executivo de futebol do Santa Cruz, Luciano Sorriso, em entrevista ao repórter Igor Moura, da Rádio Jornal.

João Victor renovou o contrato com o Santa Cruz até o fim de 2022. Agora, está sendo emprestado para o Vitória. Na disputa da Série B, onde o Rubro-negro baiano briga para fugir da queda para a Terceira Divisão. Lá, a cria coral terá a oportunidade de amadurecer ainda mais e seguir com sua linha de crescimento. 

“Esse foi um grande talento que achamos. Esses atletas que tem um contrato mais longo conosco. O Charles já foi para Portugal, já o João Victor a gente está encaixando em um clube que possa elevar nível dele e crescer para que no futuro, em 2020, ele possa retornar para o clube. A gente está tendo muito cuidado com esses atletas para que eles estejam sempre evoluindo e, em um futuro próximo, possamos colher com isso”, acrescentou Sorriso.

Novo mercado

Já o volante Charles é o segundo caso de jogador que se desenvolveu ao longo desta temporada. Ganhou uma maior sequência de jogos, tendo disputado 37 partidas neste ano e marcado quatro gols. Um dos titulares incontestáveis da equipe coral, tanto com Leston Júnior quanto com Milton Mendes, ele renovou até o fim da Série C de 2020 e fica emprestado ao Vilafranquense, de Portugal, até o fim da temporada europeia, em julho do próximo ano. Com a opção de compra por parte do clube português ao fim do empréstimo, a Cobra Coral mira valorizar mais o atleta e, quem sabe, ganhar dinheiro em uma negociação futura.

“Ele já vai com passe estipulado de valores, e isso é um negócio que pode pintar para o clube no futuro. Um atleta que veio a custo zero para nós no ano passado. É um atleta que cresceu muito nos jogos, foi importante em muito deles. Agora, com essa parada, nos deu essa brecha para que a gente pudesse emprestá-lo para um cenário na Europa, abrindo mercado para uma venda futura e o Santa pode sair ganhando com isso”, pontuou o executivo de futebol coral.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.