Universidades de Pernambuco suspendem aulas a partir desta segunda (16)

Decisão foi tomada em reunião na reitoria da UPE, na tarde deste domingo (15), como forma de prevenção ao coronavírus

CORONAVÍRUS
Universidades de Pernambuco suspendem aulas a partir desta segunda (16)

Reunião da reitoria da UPE decidiu pela suspensão das aulas - Foto: FOTO: Katarina Moraes/JC

Gustavo Fernandes

Além da suspensão decretada nas escolas pública e municipais do Recife a partir da quarta-feira (18), por causa da pandemia de coronavírus, as universidades que compõem o Consórcio Universitas e os Institutos Federais de Pernambuco, decidiram, em reunião na tarde deste domingo (15), suspender as aulas a partir desta segunda-feira (16).

A medida, que vale até o dia 31 de março e depois deve ser reavaliada, foi tomada também como forma de prevenção para evitar o contágio do novo coronavírus. O encontro aconteceu na reitoria da Universidade de Pernambuco (UPE). 

>>>Coronavírus: Prefeitura do Recife suspenderá aulas da rede municipal 

As aulas estarão canceladas, a partir de amanhã (16), nas seguintes universidades: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAP), Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE).

Questões administrativas serão resolvidas internamente, por cada uma das instituições. Cada universidade vai tomar suas decisões acerca da reposição de aulas e se esses dias vão ser descontados das férias. O mesmo vale para quadro de funcionários.

Nota na íntegra

NOTA OFICIAL DAS UNIVERSIDADES QUE COMPÕEM O CONSÓRCIO PERNAMBUCO UNIVERSITAS E OS INSTITUTOS FEDERAIS DE PERNAMBUCO

Considerando a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) e atentas às necessidades de proteção à saúde da população, as universidades que compõem o Consórcio Pernambuco Universitas e os Institutos Federais do Estado de Pernambuco adotam a seguinte orientação quanto ao seu funcionamento:

- Suspensão das atividades acadêmicas presenciais no período de 16 a 31 de março (UPE, UFPE, UFRPE, IFPE, IF Sertão -PE, UFAPE, UNICAP e UNIVASF).

As atividades acadêmicas remotas, os serviços essenciais e demais ações administrativas específicas serão definidas em cada Instituição.

A decisão de prorrogação dessa suspensão será reavaliada até o fim deste período.

 

Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS)

A Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), decidiu manter as atividades programadas para a segunda-feira (16) e para a terça-feira (17), suspendendo as aulas a partir da próxima quarta-feira (18).

Confira nota na íntegra

Seguindo as recomendações da Secretaria de Vigilância Sanitária da Cidade do Recife, a FPS suspenderá as aulas a partir do dia 18 de março. Com intuito de minimizar ao máximo um possível prejuízo no desenvolvimento das atividades acadêmicas, estudantes e docentes deve comparecer à FPS nos dias 16 e 17 de março para as suas atividades programadas e também para serem orientados e treinados sobre como iremos proceder a partir do dia 18/03.

CESAR School

O CESAR School, instituição que faz parte do Porto Digital, também decidiu suspender todas as aulas presenciais nesta segunda (16) e terça-feira (17), para evitar propagação do coronavírus. Na quarta-feira (18), um novo comunicado será enviado informando como irá proceder com a realização de aulas não presenciais dos cursos de graduação, bem como com os demais cursos de extensão, especialização, mestrado e doutorado.

Confira nota

A Gestão do CESAR está acompanhando com atenção todas as determinações tomadas pelas autoridades competentes - sejam elas federais, estaduais e municipais, em todo o país - em relação à pandemia de COVID-19.

Em virtude dos acontecimentos mais recentes fica determinado que TODAS as aulas presencias da CESAR School estão SUSPENSAS nesta segunda (16/03) e terça (17/03). No entanto, nesta quarta-feira(18) um novo comunicado será enviado informando como iremos proceder com a realização de aulas não presenciais dos cursos de graduação, bem como com os demais cursos de extensão, especialização, mestrado e doutorado.

É importante destacar que, felizmente, NÃO existe nenhuma situação no momento de calamidade no CESAR e nem na CESAR School. Todas as determinações da direção da Instituição estão sendo feitas de forma tranquila e sem nenhum impacto para os estudos.

Reforçamos ainda que, até a situação acalmar, as Diretorias do CESAR e da CESAR School farão um checkpoint diário para avaliar a situação e, se necessário, tomar novas medidas.

CESAR School

O CESAR School, instituição que faz parte do Porto Digital, também decidiu suspender todas as aulas presenciais nesta segunda (16) e terça-feira (17), para evitar propagação do coronavírus. Na quarta-feira (18), um novo comunicado será enviado informando como irá proceder com a realização de aulas não presenciais dos cursos de graduação, bem como com os demais cursos de extensão, especialização, mestrado e doutorado.

Confira nota

A Gestão do CESAR está acompanhando com atenção todas as determinações tomadas pelas autoridades competentes - sejam elas federais, estaduais e municipais, em todo o país - em relação à pandemia de COVID-19.

Em virtude dos acontecimentos mais recentes fica determinado que TODAS as aulas presencias da CESAR School estão SUSPENSAS nesta segunda (16/03) e terça (17/03). No entanto, nesta quarta-feira(18) um novo comunicado será enviado informando como iremos proceder com a realização de aulas não presenciais dos cursos de graduação, bem como com os demais cursos de extensão, especialização, mestrado e doutorado.

É importante destacar que, felizmente, NÃO existe nenhuma situação no momento de calamidade no CESAR e nem na CESAR School. Todas as determinações da direção da Instituição estão sendo feitas de forma tranquila e sem nenhum impacto para os estudos.

Reforçamos ainda que, até a situação acalmar, as Diretorias do CESAR e da CESAR School farão um checkpoint diário para avaliar a situação e, se necessário, tomar novas medidas.

Confira as 10 ações anunciadas neste domingo (15):

  • 1 - As escolas da Prefeitura serão fechadas a partir da próxima quarta-feira (18/março), com a antecipação das férias marcadas para o mês de julho. A merenda escolar será garantida através de kits de alimentação que os pais poderão apanhar na escola uma vez por semana.
  • 2 - As escolas e faculdades particulares devem suspender as aulas a partir da próxima quarta-feira (18/março).
  • 3 - Liberação de R$ 10 milhões para aquisição de Equipamentos de Proteção Individual para os profissionais de Saúde.
  • 4 - Suspensão das férias de todos os profissionais de saúde, assistência social, defesa civil e guarda municipal nos meses de abril e maio. Todos os profissionais necessários para a atenção emergencial à população em razão da pandemia poderão ser convocados a trabalhar em regime especial.
  • 5 - Criação de leitos de isolamento provisórios em unidades da rede municipal de saúde e da rede filantrópica.
  • 6 - Criação de um Grupo de Trabalho, formado por 6 secretarias, para enfrentamento das consequências sócio-econômicas das medidas restritivas dos Planos Nacional, Estadual e Municipal de Contingência da COVID 19. Este Grupo de Trabalho está elaborando um Plano de Mitigação focado nos impactos da renda dos trabalhadores informais.
  • 7 - Liberação de R$ 5 milhões de reais para fortalecimento do estoque de cestas básicas da Secretaria de Desenvolvimento Social.
  • 8 - Criação de uma Rede de Solidariedade para os profissionais envolvidos no Plano Municipal de Contingência e para as famílias de baixa renda que serão impactadas pelas medidas restritivas.
  • 9 - Solicitação a ANVISA de suspensão de todos os vôos internacionais a partir do próximo dia 20 de março. Os casos de necessidades de retorno de pernambucanos, depois do dia 20 de março devem ser tratados de forma especial com ANVISA e Secretaria Estadual de Saúde.
  • 10 - Solicitação de R$ 92 milhões ao Governo Federal para custeio do Plano Municipal de Contingência – COVID 19 nos próximos meses.

Covid-19

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa. 

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Sintomas

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.  

Os principais são sintomas conhecidos até o momento são:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar
  • Transmissão do vírus  
  • As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo.

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • Gotículas de saliva
  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos
  • Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe.
  • O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

Prevenção 

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes
  • Ficar em casa quando estiver doente
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência 

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:

Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos)
Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.