Enterrado em Angelim, no Agreste, o corpo do garoto Fabrício Micael, de sete anos


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/12/2012 às 15:51
Leitura:
Da Rádio Jornal A população do município de Angelim ainda está chocada com a forma trágica que a criança morreu. Na última sexta-feira (14), ele foi prender alguns animais, no Sítio Cerquinha, na Zona Rural de Angelim, quando a sela do cavalo se partiu. Fabrício ficou preso à rédea e foi arrastado por cerca de 200 metros. O garoto ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Mais Lidas