Traslado do corpo de Dominguinhos para Garanhuns tem cortejo e cobertura especial

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/09/2013 às 10:13
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: reprodução Nesta quinta-feira (26) será feito o traslado do corpo do músico Dominguinhos para a cidade de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. O corpo será retirado do cemitério Morada da Paz, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife, e levado em cortejo à sua cidade natal, onde ele disse que gostaria de ser sepultado. Na cidade do Agreste, uma grande festa em homenagem ao artista espera a chegada do corpo. Uma programação de homenagens com artistas locais, entre eles a filha do cantor, Liv Moraes, foi preparada na cidade. O repórter Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns, conta como anda a expectativa da população: O caixão deve deixar o cemitério Morada da Paz por volta das 6h30 e muitas pessoas devem seguir o cortejo através de caravanas. Os ônibus somam 90 lugares e são para as pessoas mais próximas do músico, entre eles O filho de Dominguinhos, Mauro Mendes. O pesquisador Paulo Wanderley, amigo pessoal de Dominguinhos, que está ajudando a organizar o  translado, conversou com Geraldo Freire na manhã desta quarta-feira (25) e conta como será o cortejo: Ouça a entrevista com Paulo Wanderley: Em entrevista ao programa Supermanhã da última segunda-feira (23) o prefeito de Garanhuns, Isaías Régis, conversou com Geraldo Freire sobre a expectativa para o translado e disse que É motivo de muita alegria, um presente de Deus, apesar da tristeza da partida de Dominguinhos. Ouça a entrevista desse dia aqui: Rádio Jornal tem acompanhado todo o processo de definição sobre o translado e estará presente também durante o procedimento que começa no início da Manhã, em Paulista. em homenagem ao cantor e compositor e o debate do programa Supermanhã com Geraldo Freire vai ser feito diretamente da Rádio Jornal Garanhuns, com a participação de Cezzinha e Os Dominguinhos. Chamada do debate da quinta-feira: Dominguinhos faleceu no dia 23 de julho, aos 72 anos, em São Paulo, e foi enterrado no Cemitério Morada da Paz. Entretanto, em vida o músico havia declarado durante entrevista na Rádio Jornal que queria ser enterrado na sua cidade natal, Garanhuns. O pedido de transferência do corpo do artista foi feito pelo filho dele, Mauro Moraes.

Mais Lidas