Ex-presidenta da UESPE é acusada de oportunismo pela união secundarista de Caruaru


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/09/2013 às 10:00
Leitura:
Da Rádio Jornal A União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE) está passando por uma crise interna. O momento adverso acontece por que a ex-presidenta da entidade, Stephanie Vilela, está agindo, segundo a atual presidência, como se ainda estivesse a frente da UESPE.Em 2012, no último congresso geral, Stephanie abdicou do cargo sob a alegação de que iria ingressar num curso universitário. De acordo com o regimento da União, só podem fazer parte do órgão estudantes secundaristas. No entanto, a UESPE acusa Stephanie de se apresentar a outras instituições como a atual presidente. Cleison Rodrigues, presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC), chamou de "oportunismo" a atitude da ex-presidente. Segundo ele, a UESPE deve tomar providências jurídicas para conter a ação de Stephanie Vilela. Ouça o flash de Diego Caires:

Mais Lidas