Agricultores protestam contra transgênicos e agrotóxicos, em Petrolina

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/10/2013 às 17:52
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Divulgação/ Comunicação MPA Foto: Divulgação/ Comunicação MPA Pelo menos 2 mil camponeses do Nordeste, organizados no Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), uma vertente do MST, ocuparam a 36ª unidade de pesquisa da Monsanto no Brasil, localizada no perímetro de irrigação Senador Nino Coelho N3 em Perolina. Segundo informou a assessoria do Movimento dos Pequenos Agricultores, a ocupação acontece como forma de denúncia aos impactos sociais e ambientais trazidos pela empresa, sobretudo com a modificação genética das sementes e a produção de agrotóxicos, que causa danos irreversíveis ao meio ambiente e à saúde humana. A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas por Soberania Alimentar teve início nesta segunda-feira (14) e segue até a próxima sexta-feira (18). Na quarta (16), no Dia Internacional da Alimentação será realizada uma audiência popular do semiárido a partir das 9h, na 6ª superintendência regional da Codevasf, em Juazeiro (BA). O evento é aberto ao público. O repórter Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina, traz essas informações na matéria:

Mais Lidas