Municípios do Agreste e do Sertão aderem à greve da Polícia Militar em Pernambuco


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/05/2014 às 9:51
Leitura:
Policiais militares pertencentes ao 7º Batalhão da Polícia Militar em Ouricuri, no Sertão do Araripe, decidiram parar 70% do efetivo nas 10 cidades da região. O movimento ocorre após deflagração da greve no último dia 13, no estado de Pernambuco. Saiba mais com o repórter Roberto Gonçalves, da Rádio Jornal Araripina. Em Pesqueira, desde a zero hora desta quinta-feira (15) foram recolhidas as viaturas que circulam pela cidade e pela zona rural. Há também a informação de que policiais militares da região devem se reunir para discutir sobre o assunto. Ouça os detalhes na reportagem de Givanildo Silva, da Rádio Jornal Pesqueira: Já de acordo com capitão Hudson do 9º BPM, instituição responsável por Garanhuns e mais 22 municípios, as atividades não teriam sido paralisadas. Pouco tempo depois a mesma informação foi desmentida por um soldado, ao afirmar que funcionários da corporação estariam no quartel. Ouça na reportagem de Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns: SEM DESTAQUES- Apesar da greve, de acordo com o coronel Ricardo Perez, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Petrolina, nas últimas 24h, no entanto, não foram registradas ocorrências fora da normalidade. O mesmo ocorreu em Limoeiro, onde não houve registro de ocorrência grave. Ouça mais sobre o assunto com os repórteres Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina e Carlos Alfeu, da Rádio Jornal Limoeiro.

Mais Lidas