Seis vereadores rompem com vice-prefeito e mudam de palanque em Passira, no Agreste


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2014 às 14:07
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Arquivo/Rádio Jornal Foto: Arquivo/Rádio Jornal Seis vereadores de Passira, no Agreste de Pernambuco, romperam políticamente com o vice-prefeito do município, Edelson Gomes Filho, conhecido por Edelsinho - presidente do PSB na cidade -, e mudaram de palanque na cidade. A atitude foi tomada em solidariedade ao prefeito, Severino Silvestre (PSDB), após declaração do vice quanto ao super faturamento de contratações de shows e palcos em Passira. Edelsinho chamou a gestão de quadrilha e disse, ainda, que gostaria de ser colocado na justiça para provar o que está dizendo com documentos. A denúncia dele envolve, também, pessoas que recebem salário da prefeitura sem trabalhar. Em resposta, Silvestre diz que procurou Paulo Câmera (PSB) para falar do assunto e, de acordo com ele, o político garantiu que tinha como equilibrar a falta de ética de Edelsinho. Outras informações com o repórter Carlos Alfeu:

Mais Lidas